Número total de visualizações de página

terça-feira, 19 de setembro de 2017

O género mutável

O Bloco de Esquerda quer que, a partir dos 16 anos, os menores de idade  possam livremente mudar de sexo, podendo processar os pais ou encarregados de educação caso estes não lhes concedam a permissão para a desejada mudança.
Ora, como tudo pode ser reversível, e o mundo é composto de mudança, até nas questões de género, lastimável é que o Bloco não diga quantas vezes tal mudança é permitida. Não vá haver arrependimento e o género ficar prisioneiro da decisão tomada aos 16 anos.

4 comentários:

Rui Fonseca disse...


Bem observado, Caríssimo António

Pinho Cardão disse...

Pois é, caro Rui, devemos acautelar o futuro, porque o género pode não se sentir confortável com as opções que o proprietário tomou nos seus verdes anos...
Depois há a questão prática de preparar o SNS para este adicional operacional.

Fernando Vouga disse...

Aprovada que seja esta oportuníssima medida de fundo, os pais não poderão discordar. Mas serão obrigados a pagar as despesas?

mensagensnanett disse...

ESQUECER A CONVERSA COM OS 'PENDURAS'!
MOBILIZAR OS RESISTENTES PARA O SEPARATISMO!
.
Não acontece só com os jogadores dos clubes de futebol: as regiões/sociedades mais pobres também vêem os seus melhores partirem para as regiões/sociedades mais ricas.
.
Os resistentes que ficam nas regiões/sociedades mais pobres têm de cortar (leia-se separatismo) com os penduras!
.
PENDURAS: na Europa existem muitas comunidades nativas penduras -» não trabalham para a sustentabilidade da sociedade (média de 2.1 filhos por mulher)... penduram-se na boa produção demográfica de outros! [e mais, os penduras ao mesmo tempo que são contra a repressão dos Direitos das mulheres, em simultâneo, são uns lambe-botas da boa produção demográfica daqueles que tratam as mulheres como 'úteros ambulantes' - exemplo: islâmicos]
.
Os penduras são uns lambe-botas dos ASPIRANTES A DONOS-DISTO-TUDO.
.
Existem dois tipos de hipócritas hitlerianos anti-racistas:
i) aqueles com a ambição de serem «donos-disto-tudo» (eles possuem uma elevada taxa demográfica);
ii) a alta finança, capital global - ambiciona terraplanar as Identidades, dividir/dissolver as Nações para reinar... [nota: pululam por aí muitos mercenários ao serviço da alta finança]
.
.
---»»» Todos Diferentes, Todos Iguais... ou seja, todas as Identidades Autóctones devem possuir o Direito de ter o SEU espaço no planeta -» inclusive as de rendimento demográfico mais baixo, inclusive as economicamente menos rentáveis.
-» Os 'globalization-lovers', UE-lovers e afins, que fiquem na sua... desde que respeitem os Direitos dos outros... e vice-versa.
---» blog http://separatismo--50--50.blogspot.com/.
.
Nota: Os Separatistas-50-50 não são fundamentalistas: leia-se, para os separatistas-50-50 devem ser considerados nativos todas as pessoas que valorizam mais a sua condição 'nativo', do que a sua condição 'globalization-lover'.
.
.
.
.
Anexo 1:
OBRIGADO DONALD TRUMP.
Donald Trump pôs a nu o hitlerianismo dos aspirantes a donos-disto-tudo!
-» Imbuídos no seu hitlerianismo, os aspirantes a donos-disto-tudo, não suportam a existência de outros ---» eles são intolerantes para com os povos autóctones (economicamente pouco rentáveis) que procuram sobreviver pacatamente, E AO SEU RITMO, no planeta.
[nota: nazi não é ser alto e louro, blá, blá... mas sim, a busca de pretextos com o objectivo de negar o Direito à Sobrevivência de outros]
.
Anexo 2:
Têm-se de cortar (leia-se separatismo) o quanto antes com os penduras: ELES PRETENDEM VENDER O MÁXIMO QUE PUDEREM!...
-» Países dominados por nativos penduras (ex: muitos países europeus)estão sendo vendidos às multinacionais: analisando a evolução estatística, em muitos países vê-se o óbvio -» a propriedade pública e a propriedade privada tradicional estão a desaparecer, em oposição, a propriedade das multinacionais (capital sem rosto) está a crescer avassaladoramente.
.
Anexo 3:
-» Democracia sim, todavia, há que mobilizar aquela minoria de autóctones que se interessa pela sobrevivência da sua Identidade... para dizer NÃO ao nazismo-democrático, leia-se: é preciso dizer não àqueles que pretendem democraticamente determinar o Direito (ou não) à Sobrevivência de outros.
.
Anexo 4:
-» Imagine-se manifestações (pró-Direito à Sobrevivência) na Europa, na América do Norte (Índios nativos), na América do Sul (Índios da Amazónia), na Ásia (Tibetanos), na Austrália (Aborígenes), ETC... manifestações essas envolvendo, lado a lado, participantes dos diversos continentes do planeta... tais manifestações teriam um impacto global muito forte.
.
.
.
P.S.
Os penduras, os «dreamers», e os muitos hipócritas afins da mesma laia, não falam disto: em pleno século XXI tribos da Amazónia têm estado a ser massacradas por madeireiros, garimpeiros, fazendeiros com o intuito de lhes roubarem as terras... muitas das quais para serem vendidas posteriormente a multinacionais (por exemplo, é imenso o património no Brasil que tem estado a ser vendido à alta finança).