Número total de visualizações de página

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

A informação a que temos direito

Há pouco, um dos telejornais transmitiu uma reportagem sobre as próximas eleições italianas, na qual se previa a vitória da Forza Italia de Berlusconi e dos partidos seus aliados. Curiosamente, nas entrevistas de rua, o jornalista só conseguiu encontrar votantes nos partidos de esquerda...
E esta, hem?

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Uma mentira pegada

“Se o Fundo de Resolução não tiver os meios financeiros (para recapitalizar o Novo Banco em 2018, face aos prejuízos de 2017), recorrendo a todos os meios que tem disponíveis, então poderá, ao abrigo do acordo-quadro, pedir um financiamento ao tesouro”.
Disse ainda o governante que, caso venha a ser necessária a intervenção do Estado, “não deverá haver nenhum impacto adicional” na dívida pública.
 Duas frases eufemísticas que definem o propósito de enganar do governo e da geringonça. 
Claro que o Secretário de Estado sabe bem que o Fundo de Resolução não tem esses meios. Até porque, por força de apoios anteriores, o Tesouro já teve que emprestar meios ao Fundo de Resolução. 
E claro que o Secretário de Estado também sabe bem que, se tiver que dispor desses meios adicionais terá que aumentar a dívida, ao contrário do que refere. 
De eufemismo em eufemismo, uma mentira pegada.
 

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

E há quem goste!...

Há mais precários agora que no tempo da Troyca, diz o DN, com base em dados acabados de publicar pelo Instituto Nacional de Estatística. 
Pois é, a geringonça é farta em palavras, mas parca na acção. Também faz orçamentos mirabolantes, dizendo que vende lebre, mas depois de cortes e cativações, acaba por servir gato.Mas há quem goste. 
Até...