Número total de visualizações de página

sábado, 24 de janeiro de 2015

Cada povo, o seu Maduro!...

Pelo que vou ouvindo, vai enorme arraial na comunicação social com a eventual vitória do Syriza nas eleições gregas. E arraial significa alegria, folguedo, dança, comes e bebes à fartura. 
Afinal, a coisa é simples. Cada povo tem o Maduro que merece. E a comunicação social que o promove.  
E acabado o festim, Venezuela na Grécia?

4 comentários:

T disse...

A RTP de hoje (o telejornal) começou com uma reportagem muito pouco dada aos populismos esquerdistas do costume. Pegou o boi pelos cornos e disse aquilo que todos já sabíamos: os gregos andaram a gozar com a Europa e a gozar consigo próprios, corrupção, vigarice, fugas aos impostos e uma economia bem abaixo do nível de vida que tinham. Fiquei espantado! É ver e rever.

Curiosamente, depois deu uma reportagem de uma sra grega a viver em Portugal que se queixava que no país dela a corrupção estava em todo o lado, até no serviço nacional de saúde deles, porém - onde dá o exemplo do sogro que para ser atendido teve de andar a pagar funcionários - no entanto acha que com as eleições de amanhã vai tudo mudar e vai nascer a esperança.
Depois, para juntar à dissonância cognitiva, diz que estar na UE não serviu de nada para a Grécia (foram só migalhas*), o que suponho seja dizer que estariam bem melhor sem esta. Olhe, eu informo, estariam melhor é se fossem menos corruptos. Era isso que devia ter dito a sra.

*Que tal ver umas fotografias e uns dados de arquivo?

Emmanuel disse...

God is love! :heart: Catholic blogwalking :-) http://emmanuel959180.blogspot.in/

Nuno disse...

Vamos ver se amanhã não metem já os euros debaixo do colchão.

Tavares Moreira disse...

Caro Pinho Cardão,

Maduro Tinto, Branco ou Rosé? Se na Venezuela é Tinto, ao que consta, na Grécia talvez não ficasse mal o Rosé, até porque a provável coligação de governo irá englobar, ao que consta, um partido de direita...