Número total de visualizações de página

sábado, 11 de novembro de 2017

Gastos essenciais são os eleitorais...assim actua a geringonça

O governo recusou verbas para contratar meios de combate a incêndios pedidos pela protecção civil, titula na primeira página o Jornal de Notícias, na sua edição de ontem, 10 de Novembro. 
Tratava-se de reforços, justificados pelas previsões meteorológicas, para vigorar entre 1 e 15 de Outubro, incluindo meios terrestres e aéreos, neste caso mais 200 horas de voo. Os pedidos não foram aceites e os helis pedidos não puderam voar, diz o JN.
Pois é, depois vieram os dias 7 e 8 de Outubro, os grandes incêndios e 41 mortes. Para isso, não havia orçamento. Para conveniência eleitoral da geringonça, há...e à tripa forra. 
Nota: Deixo o link, que resume a notícia, mas o mesmo refere que a página não pôde ser encontrada. A notícia foi publicada na página 4 da edição de 10 de Novembro do Jornal de Notícias.

2 comentários:

Rui Fonseca disse...


Caríssimo António,

A notícia aparece também publicada aqui, onde o link funciona. Espero ...

https://www.publico.pt/2017/11/10/politica/noticia/governo-recusou-pedido-de-reforcos-da-proteccao-civil-em-setembro-1792060

Pinho Cardão disse...

Obrigado, caro Rui. Um abraço