Número total de visualizações de página

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Lixo virtuoso

Sei que o lixo é, por estes dias, um negócio que dá milhões. Mas há lixo e lixo. Nunca me passou pela cabeça, por exemplo, que alguém exultasse com o facto hoje conhecido de, em relação ao rating da divida soberana portuguesa, uma das agências de notação - no caso a Fitch - ter mantido o nível de "lixo".  Mas, pasme-se!, não só houve quem se manifestasse satisfeito, como esse alguém é Presidente da República. 
É de ter medo, muito medo...

5 comentários:

Pinho Cardão disse...

Bom, creio que o PR estaria a pensar que o nível seria super-lixo, ou infra-lixo...mas como continua no lixo é evolução na continuidade...
Enfim, mais um efeito Trump, suponho...
Ah! E o défice de 2,4 por cento parece que também foi deitado ao lixo pela UTAU...Dedo do Trump...

Suzana Toscano disse...

Já nos vamos contentando com o "lixo" menos tóxico.

João Pires da Cruz disse...

Acho que quem, como eu, disse que o Cavaco era o pior PR da história, não estava à espera de experimentar novos limites tão cedo e de forma tão cavada...

JM Ferreira de Almeida disse...

Meu caro João Cruz, creio que foi a um comentário seu após a eleição de MRS que convoquei o velho e sábio provérbio: "atrás de mim virá quem justiça me fará". Cavaco Silva não vai ter de esperar muito...

JM Ferreira de Almeida disse...

http://observador.pt/opiniao/saudades-de-cavaco-silva/