Número total de visualizações de página

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Vamos lá a ver se a percepção fica mais clara...

O Presidente da República aceitou, em nome do “interesse nacional”, a decisão do primeiro-ministro de manter Mário Centeno no cargo de ministro das Finanças. 
Ficou tudo dito. Incluindo que o interesse nacional é perfeitamente compatível com as dificuldades de percepção (que duraram meses...) que o Ministro agora reconheceu... 
Bom...quanto a mim...tenho é que cuidar da minha percepção!...

8 comentários:

Rui Fonseca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rui Fonseca disse...

Blogger Rui Fonseca disse...

Ainda não percebi bem, Caríssimo António, por que é que o Centeno deveria demitir-se, ou ser demitido, e o chefe não.
A partir do momento em que foi descoberto que uma lei pouco recente, para não lhe chamar antiga, tinha sido ignorada, todo o governo se tornou cúmplice da ausência de verdade. E, mais razoável seria, do meu ponto de vista que o PR tivesse decidido manter o governo em funções "em nome do interesse nacional"

De qualquer modo subscrevo o que sobre o assunto disse M Ferreira Leite: São tricas ...

Com tanta insistência neste assunto até parece que, quanto ao resto, vai tudo bem cá pelo síto.

Pinho Cardão disse...

Claro que tudo vai bem, caríssimo Rui. O interesse nacional assim o exige!...

João Pires da Cruz disse...

Acho um piadão o Presidente da República agora fingir que não é nada com ele. Depois do outro que agora vem dizer que sempre desconfiou do Sócrates, mas assinou a falência do estado, agora vem este que passa a vida a dar bocas que violam a dignidade do cargo a fazer comunicados absolutamente estapafúrdios como esse que só servem para fingir que ele não estava cá. Deplorável!!! Mais vale acabar com isto e entregar tudo a Bruxelas.

Pinho Cardão disse...

Bom, digamos que o PR foi dando corda...e aguentou até não haver mais.
Ou então até não ficar, também ele, preso nela...

Manuel Silva disse...

Sr. Pinho Cardão:
Há excepções boas e excepções más nas leis.
A que foi criada para Paulo Macedo ir para a AT, no tempo de Manuela Ferreira Leite, foi boa, foi feita pelos seus correligionários, não foi?
(Pessoalmente, considero que foi boa pelos efeitos, não pela lei em si, as leis são instrumentos para atingir determinados fins, feitas com mais ou menos cuidado, o mais importante é o que produzem, e a do Domingues, por causa de muita coisa mal feita na forma, mas especialmente por causa da berraria de quem nada mais tem para oferecer, acabou por nem dar frutos nenhuns).
Mudando de assunto, 3 razões para que o sacana do Diabo continue adormecido:
1- Portugal paga juros negativos recorde por divida de curto prazo
https://eco.pt/2017/02/15/portugal-paga-juros-negativos-recorde-por-divida-de-curto-prazo/
2 - PIB supera expectativas e cresce 1,4% em 2016
https://eco.pt/2017/02/14/pib-supera-expetativas-e-cresce-14-em-2016/
3 - Centeno anuncia défice de 2016 até 2,1%
https://www.rtp.pt/noticias/politica/centeno-anuncia-defice-de-2016-ate-21_v983184
E o pior será se mais razões aparecerem.

Tiro ao Alvo disse...

Manuel Silva, se ler isto com atenção, vai ficar melhor esclarecido:
https://oinsurgente.org/2017/02/14/e-preciso-virar-a-pagina-deste-ciclo-de-austeridade-podemos-crescer-26-ao-ano-com-uma-nova-politica-2/

Manuel Silva disse...

Tiro (sempre fora) do Alvo:
E o senhor vá ler tudo sobre a desgraça que nos ia acontecer quando este governo começasse a governar.
E vá ler as previsões de crescimento para 2012, 2013, 2014 e 2015 do seu anterior governo.
Depois falamos.