Número total de visualizações de página

quarta-feira, 8 de março de 2017

Os velhos da Nova

Este episódio da Nova e de Jaime Nogueira Pinto tem os seus lados luminosos. Adverte-nos para a profundidade do que se diz quando se diz que a democracia é coisa frágil. E mostra-nos que fora da encenação do carnaval caem as máscaras e mostram-se as verdadeiras faces.

5 comentários:

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Ou "os Novos da Velha"!

Zuricher disse...

Caro Ferreira de Almeida, permita-me uma pergunta dado ter-me assaltado uma dúvida sobre esta coisada toda. Há algo na lei Portuguesa em que possa enquadrar-se o que aconteceu na tal faculdade? Alguma figura penal onde possa enquadrar-se o cerceamento da liberdade de expressão? Algo do género coacção, intimidação, ameaças ou coisa do género?

JM Ferreira de Almeida disse...

Creio que sim, meu caro Zuricher. Mas só será aplicável a uma parte da população portuguesa.

Pinho Cardão disse...

Portanto, normas com golpe de vista...

Zuricher disse...

Agradecido, caro Ferreira de Almeida, muito agradecido.

Portanto, se bem entendo, há uma parte da população Portuguesa que é tacitamente considerada inimputavel. Impõe-se, claro, a questão sobre se a inimputabilidade se deve a deficiência mental ou a abundância política. Pormenor irrelevante, presumo.