Número total de visualizações de página

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

E são eles que governam o país?

PS em falência pede ajuda a dirigentes para pagar contas, diz o JN. E esclarece que o  total do activo é de 15,4 milhões de euros, valor que compara com um passivo de 21,6 milhões de euros, o que representa capitais próprios negativos de cerca de seis milhões de euros negativos. Isto de acordo com o último balanço entregue ao Tribunal Constitucional, correspondente ao ano de 2015. 
Portanto, falência económica.
Falência financeira ainda não, porque, ainda segundo o JN, "em vários pontos do país há ações partidárias a serem canceladas por falta de dinheiro e mesmo as despesas correntes, como as contas da água e da luz, a serem asseguradas por dirigentes locais". O que o PS não nega.
Em circunstâncias normais, seria com eles. Mas não, dizem que são eles que governam o país. Pelos vistos à imagem e semelhança do PS: dívida máxima, crescimento mínimo.Tudo normal, nenhuma surpresa. 
Mas são mesmo estes que governam o país? Alguém me poderá responder?

4 comentários:

João Pires da Cruz disse...

Eu acho que deviam aumentar os funcionários, reduzir-lhes o horário e apostarem no consumo interno.

Pinho Cardão disse...

Ora aí está! Bem lembrado. Afinal, o que é bom para a geringonça deve ser bom para o PS...

Suzana Toscano disse...

Não, não, primeiro tem que vir a Troika! Só assim é que funciona o sistema de recuperação. E não podem pedir um PER?

Gaudêncio Figueira disse...

Concordo com os reparos que aqui são feitos ao PS.
Porém, não esqueço tudo aquilo que, não sendo referido por vós,constitui prática dos partidos portuguses.
Nestas circunstâncias acho que não votarei mais. Sinto-me a viver no CANI Centro Angariador de Negócios Imorais.
Lendo isto cada vez mais me convenço da certeza do meu raciocínio
http://www.dn.pt/mundo/interior/marcolino-moco-critica-partidos-portugueses-que-so-querem-negocios-com-angola-5375730.html