Número total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Mais um Homem bom que parte.

Chega-me a notícia da partida do Doutor Barbosa de Melo. Conheci-o nos tempos da afirmação da democracia pluripartidária. Recordo a sua entrega generosa à política,  feita por um punhado de homens bons. Sim, existiram. E eu tive o privilégio de conhecer alguns, cujo exemplo e memória ajudam a resistir à náusea do quotidiano.
Merece toda a paz. 

4 comentários:

Pinho Cardão disse...

Sim, um grande homem que parte. Daqueles que, nunca precisando da política, muito a serviram e aos portugueses. Um homem do PPD e do PSD, fiel às suas ideias e nunca subserviente a relação a quem quer que fosse. Homem corajoso, afirmativo nas suas convicções e capaz de fazer rupturas e entendimentos. Um homem de grande sabedoria. A minha homenagem, também.

Gaudêncio Figueira disse...

Foi um SENHOR. Serviu sem servir-se, pena ter saído de cena muito cedo. Pena as novas gerações não o tomarem como exemplo.

Suzana Toscano disse...

Associo-me a tão justa e merecida homenagem a um dos homens que se destacaram na época que já pudemos viver. Pelas duas qualidades e pelo modo como contribuiu, com elas, para uma fase tão importante do nosso país.

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Associo-me ao reconhecimento aqui deixado pelo José Mário. Justo e necessário.