Número total de visualizações de página

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Vendas de automóveis aceleram em Agosto, Crescimentistas ressonam...


  1. Segundo informação ontem divulgada, após um abrandamento em Julho (aumento pouco superior a 10% relativamente a Julho/2014) as vendas de automóveis novos em Portugal aceleraram em Agosto, registando um aumento de 24%.
  2. O crescimento foi mais forte no segmento de pesados (+59,3%) e um pouco menos intenso nos ligeiros (+23,4%).
  3. Como curiosidade, os aumentos mais expressivos, em termos relativos, foram registados no segmento de automóveis considerados de luxo: Ferrari  +400% (5 unidades); Jaguar + 266,7% (33 unidades); Mercedes + 47,9% (976 unidades).
  4. Não é fácil encontrar uma explicação para esta preferência por automóveis de luxo, mas não excluo que o medo em que as famílias vivem em relação a despesas extra tenha constituído um factor de peso (o nosso amigo Pires da Cruz, especialistas nestas análises, melhor poderá esclarecer).
  5. Quanto aos primeiros oito meses do ano, o crescimento das vendas cifra-se em 27,7% relativamente ao mesmo período de 2014.
  6. Mais um motivo para os simpáticos Crescimentistas despertarem do sono profundo em que se encontram inexplicavelmente mergulhados e se aperceberem da realidade que os cerca…

19 comentários:

João Pires da Cruz disse...

É claramente um sinal de como as políticas austeritárias da direita levam ao crescimento das desigualdades económicas entre os capitalistas e os trabalhadores. Já a venda de EP's para a Festa do Avante não parece ter tido o mesmo crescimento nas vendas que a Ferrari, o que prova inequivocamente a minha tese. Por outro lado, esses números vêm mostrar que as propostas do candidato Vieira estão cada vez mais actuais, como a "Um Ferrari Para Cada Português", que não faltará muito até ser adoptada pelo candidato Costa.

Bartolomeu disse...

E apoiada por Galamba... o socialista predilecto do nosso amigo Cruz!
;) ;)

Tavares Moreira disse...

Caro Pires da Cruz,

Eu bem dizia que o Pires da Cruz saberia interpretar este estranho fenómeno do disparo de indicadores de consumo duradouro!
Quanto ao ilustre candidato A. Costa tenho reparado que nos últimos dias tem acelerado o ritmo de promessas a pagar por nós...o que estará a passar-se, para todo este alvoroço promissório?

Caro Bartolomeu,

Muito bem lembrado, só faltou acrescentar que a entrega das chaves de cada uma destas modestas viaturas deveria ter lugar no quadro de um opíparo almoço, no Maria Rita (Romeu-Mirandela), no FUSO ou no Lagar (Olhão) - para cobrir adequadamente as diferentes regiões do País!

João Pires da Cruz disse...

Hoje o candidato Costa resolveu botar faladura sobre o tema do momento dizendo que os refugiados poderiam limpar as florestas. Uma coisa que parece não ter sido bem sucedida em todas as ideias anteriores sobre o tema e que atribuíam a limpeza das florestas aos:

- beneficiários de RMG;
- militares vários;
- beneficiários de subsídio de desemprego;
- detidos em estabelecimentos prisionais; e
- funcionários em mobilidade especial.

Parece ser necessária experiência de navegação em embarcações precárias para proceder a tal tarefa.

Pedro disse...

Ignoremos então esse o famoso "Crescimentista", de seu nome Dragui, já "acordou" e com bastante "estrondo" - dizem até que parecia uma "bazuka" - ...e fazendo de contas que, como afirma, hipoteticamente estão todos a dormir...

fica aqui, uma referencia para algumas imagems e graficos, alguns contrapontos ao "Sucesso" (??!?!) dos "Austeritaristas"...e de quão fatuos são os supostos progressos que elenca:

http://espectadorinteressado.blogspot.pt/2015/09/em-dia-de-aparente-bonomia-de-draghi.html





Tavares Moreira disse...

Caro Pires da Cruz,

Suspeito que o ilustre candidato em questão deverá querer muito pouco que os infelizes fugitivos das diversas guerras que se travam em África se desloquem para Portugal...acenar-lhes com a limpeza das matas não é propriamente uma mensagem de boas-vindas.
Isto, evidentemente, passando por cima da absoluta fantasia da ideia em causa.
Fez bem em lembrar os sucessivos selecionados para tão nobilitante tarefa - sem que um só tenha respondido à chamada!

Bartolomeu disse...

A propósitos dos refugiados que o governo português já garantiu estar pronto para receber e de mais recentemente ter manifestado a disponibilidade para aumentar esse número, apanhei de raspão, num telejornal a notícia de que, cada refugiado representaria uma despesa mensal de 1.200 €. Não tenho a certeza de ter escutado bem, pareceu-me. E fico a pensar: se assim é, acho que valeria a pena à maioria dos nossos reformados, pensionistas, desempregados a receber subsídio, etc. pegarem numa câmara de ar de automóvel, apanhar o ferry para Marrocos, palmilhar a costa norte de África até Tunes (o sol e a caminhada iriam acentuar-lhes o tom da pele) e aí, fazerem-se ao mar, rumo às ilhas gregas do Mar Egeu, Lesbos ou Mykonos e depois, se não se dessem bem com os ares... pedirem a vinda para Portugal com o estatuto de refugiados.

Fernando Tavares disse...

Seria pertinente saber o número de viaturas vendidas a PARTICULARES, comparativamente com a compra de centenas de viaturas pelas Empresas de Aluguer Auto.
Não nos esqueçamos que estamos no Verão e a frota automóvel das Empresas de Aluguer é renovada com assiduidade
Quanto aos veículos de top como a Ferrari com 5 unidades, até não é de ficar de boca aberta não se esqueçam que os "vistos gold" trazem pessoas com eles!

Tavares Moreira disse...

Caro Fernando Tavares,

Quando estamos a comparar variações relativas, essa análise não é muito relevante ou nada relevante mesmo. Convém não esquecer que em 2014 também houve Verão e se verificou já nesse ano uma forte recuperação da actividade turística, nomeadamente de entradas e estadias de estrangeiros.

João Pires da Cruz disse...

Caro Bartolomeu,

Não sei porque acha que o custo de um reformado é inferior a esse valor.

Bartolomeu disse...

Amigo Cruz,
Não sei concretamente quantificar o custo que um reformado representa para o pais. Aquilo que julgo saber, é algo muito mais fácil de contabilizar, que é o seguinte: um cidadão que tenha trabalhado durante 50 anos e que nunca tenha dado despesa ao estado, recebe uma pensão de reforma miserável e nada correspondente - em termos equitativos - aos descontos que efectuou.
Agora - humanismos à parte - dizem-nos que cada refugiado recebido no nosso país terá um custo mensal de 1.200 €. Não sei se parte desse valor ou a totalidade irá pago pelo estado mas, garanto-lhe, seja que valor for, sai dos bolsos e dos impostos dos portugueses, muitos não irão receber de pensão, metade desse valor, quando chegar o dia da sua reforma.

João Pires da Cruz disse...

Ah pois é. Mas uma criança branca com roupa ocidental morreu afogada. Agora, que se lixem os reformados.

Tavares Moreira disse...

Caros Pires da Cruz e Bartolomeu,

Começo a suspeitar que o sono dos Crescimentistas lhes está a ficar algo dispendioso, não lhes parece?

Bartolomeu disse...

Sim, meu amigo Cruz - Uma criança morreu afogada. No país de onde ela veio, milhares de crianças morrem devido à falta de água potável e a doenças causadas pela falta de saneamento básico. Na Europa, na América, morrem crianças afogadas nas piscinas das casas onde moram aqueles que ganham imensas fortunas com as guerras que fazem com que as crianças refugiadas tentem chegasr à segurança dos paises onde vivem esses que lucram com as guerras...
Afinal... quem é que se lixa no meio desta global loucura?

Bartolomeu disse...

Caro Dr. Tavares Moreira,
quando Édipo percebeu que o culpado de todos os seus males, era ele próprio, vazou os olhos com alfinetes e, cego para sempre, abandonou Tebas.
Antes que nos provoquemos males maiores, é necessário que olhemos com os olhos bem abertos para a origem desses males.

Tavares Moreira disse...

Caro Bartolomeu,

Uma invocação da mitologia grega que muito pode ajudar a entender esta postura de olhos fechados - felizmente que por efeito do sono, não por cruéis picadas de alfinetes - persistentemente (quase diria militantemente) exibida pelos Crescimentistas.
E espero bem que os Crescimentistas, apesar da pesada letargia que exibem, não abandonem as suas posições de combate!

Bartolomeu disse...

Pois é, caro Dr. Tavares Moreira,
o meu estimado amigo direcionou a sua atenção para os "crescimentistas" mas aquilo que pretendi no meu comentário, foi tomar a "história" de Édipo como uma metáfora: Édipo, antes de ser rei de Tebas, matou sem saber o próprio pai, Laio e desposou sem saber também, a própria mãe, a rainha Jocasta de Tebas. Só assim se tornou Rei...
Moral da história: ha por aí muito boa gente que não se importa de matar o pai e dormir com a mãe, para vir a ganhar o trono... mesmo não sabendo, ou, fingindo não saber... ou, sabendo, mas fazer tudo para esquecer. ;) ;)

Tavares Moreira disse...

Jamais seria minha intenção desviar o sentido do seu erudito comentário na direcção dos (leia-se em oposição aos) Crescimentistas! Jamais!
Isso pode o meu Amigo dormir descansado que não acontecerá, ainda que alguém venha, maliciosamente, aventar tal propósito.

Tiro ao Alvo disse...

A propósito do valor baixo valor das pensões dos portugueses e dos custos mensais de cada refugiado, vale a pena ler, parece-me a mim, o que escreveu o Rodrigo Adão da Fonseca, n'O Insurgente, onde defende que o actual sistema beneficia os reformados "ricos":
http://oinsurgente.org/2015/09/06/pondo-fim-a-demagogia-socialista-o-que-e-o-plafonamento/