Número total de visualizações de página

terça-feira, 31 de maio de 2016

Chavez e Maduro, abomináveis neoliberais

Pois é, as políticas neoliberais de Chavez e Maduro conduziram a Venezuela à mais profunda crise económica e social. Carência absoluta de produtos farmacêuticos,de alimentos para bébés, de artigos de primeira necessidade, leite, pão. As políticas neoliberais levaram a um assassinato a cada vinte minutos, não falando já em violência nas ruas.As políticas neoliberais desses dois grandes pilares da democracia criaram uma inflação a caminho dos 700%, dizendo que em favor das classes trabalhadoras e dos mais desprotegidos. As políticas neoliberais de Chavez e Maduro entregaram ao Presidente o soberano direito de mandar nacionalizar empresas, fechar e censurar órgãos de comunicação social, prender arbitrariamente os adversários.  E conseguiram já o grande desígnio de o salário mínimo se consumir à razão de 4 frangos por mês. Hoje, que amanhã, serão apenas três e pouco...
Como seriam felizes os venezuelanos se, em vez de nefandos neoliberais, Chavez e Maduro fossem bons socialistas...

6 comentários:

Fernando Vouga disse...

Esta gente da esquerda é boa a diagnosticar o mal. Mas os doentes morrem da cura.

asam disse...

E 2 partidos que apoiam claramente esse regime e similares "fazem parte" do governo do País. O terceiro partido que está no governo para lá caminha. O louça como ratazana que é, já começou a abandonar o barco venezuelano.

Carlos Sério disse...

Vá lá, menos "ressentimento" e menos "amargura".

João Pires da Cruz disse...

Mas os venezuelanos podem escolher o sexo com 16 anos? Lá está, não são uma verdadeira república socialista moderna.

Diogo disse...

O que me faz confusão é que sendo a Venezuela um dos países mais ricos petrolíferos da América Latina, esteja em tão grande crise económica. Talvez Chavez e Maduro não sejam nem neoliberais nem socialistas. Talvez sejam apenas simples funcionários das Quatro Irmãs: a Exxon Mobil, a Chevron Texaco, a BP Amoco e a Shell.

http://informacaoincorrecta.blogspot.pt/2011/05/breve-historia-das-quatro-irmas-parte.html?m=1#!

Alberto Sampaio disse...

Caro Diogo,
por essa ordem de ideias, o louçã, o bloco e o pcp (para além do syriza e do podemos) também trabalhariam para essas 4 irmãs. Realmente pelas políticas (e propostas) ruinosas desses partidos até pode ser verdade.