Número total de visualizações de página

terça-feira, 22 de maio de 2018

Hospitais em baixa prolongada

Depois do que está a acontecer em muitos outros, agora é o Hospital e Santa Maria: um sector de cirurgia encerrado, unidade da pediatria transferida para outro local com menos camas, serviços como o de otorrino e urgências assegurados por internos e consultas e tratamentos em risco por falta de profissionais, diz o DN de hoje
Não há como socialistas e apêndices para destruir serviços públicos, proclamando que tudo fazem para os defender.
O Ministério da Saúde terá boa vontade, mas poderes nulos, salvo o poder de prometer. E aí segue com determinação a orientação do 1º Ministro, que todos os dias promete médicos, enfermeiros, investimentos, admissões e carreiras, melhorias do serviço. Tudo para consolidação do SNS. Não dizem é a que nível. 
Nota: A minha homenagem a António Arnault, criador do SNS, uma reforma essencial da nossa democracia, ontem falecido. E a minha crítica a quem, louvando-se nele e na sua obra, mais não faz do que a desfazer. Como a geringonça que vamos tendo.

Sem comentários: