Número total de visualizações de página

quarta-feira, 20 de julho de 2016

Plágio? Bingo!

Temos que reconhecer que é muito divertido que a mulher do candidato Donald Trump se tenha "lembrado" de usar no seu discurso as mesmas palavras que Michele Obama usou há uns anos num discurso de campanha. Umas frases de "cliché", que agora ficam quase ridículas assim expostas, pela sua banalidade emocional.E é divertido porque foi sucesso garantido, parece que já houve muitos milhões de vistas ao discurso, ninguém fala de mais nada, a imagem dela abre telejornais e esta parte da campanha de Trump deve ter tido uma audiência mundial nunca vista. Quem se lembra do que quer que seja que a senhora disse das outras vezes que discursou? Ninguém, que eu saiba. Pois resultou em cheio. Na campanha devem estar radiantes com a ideia que tiveram. E Michele deve estar furiosa. Bingo!

8 comentários:

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Suzana
Vi uma passagem na televisão que comparava o que dizia Michele Obama e a Mulher do candidato Donal Trump. Só pode ter decorado palavra por palavra, frase por frase. Pelos menos sabe copiar, revela alguma capacidade. Lembrei-me dos tempos da escola. Um aluno apanhado a copiar chumbava. Agora toda a gente acha graça!

Bartolomeu disse...

Caso tenha registado a patente, Michele pode sempre processar a Trump, com base nos direitos de autor.
No entanto, a Trump poderá sempre alegar que a letra é muito idêntica mas, a musica radicalmente diferente.
Recordo-me de Sinatra quando cantava "Lady is a trump" já estaria a referir-se á mulher do Donald?
https://www.youtube.com/watch?v=4MMnAh23ys4

Pinho Cardão disse...

Segundo o director da campanha de Trump, para além das vírgulas, foram os artigos "o" ou "os" as palavras mais repetidas...
Portanto, nada de grave...
Visto de outra maneira, pode ser que o exemplo frutifique e se estenda ao marido, imitando o Obama...

Rui Fonseca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rui Fonseca disse...

Bartolomeu,

Suponho que o título da canção de Sinatra é "Lady is a tramp" que significará, mais ou menos, " A senhora é uma vagabunda"

Bartolomeu disse...

Rui Fonseca,
Conheço a diferença entre tramp de Franc Sinatra cujo sentido equivale sensivelmente ao "La donna e mobile" do Rigoletto de Giuseppe Verdi e de trump que pode significar "enganar".
Fiz o trocadilho com o tema de Sinatra para dar um ar musica ao meu comentário. ;) ;) ;)

Paolo Hemmerich disse...

Mas...ainda que mal pergunte, a nobre primeira-dama estado-unidense registrou em cartório suas preciosas palavras (ditas numa exígua frase), de sorte que, qualquer um (ou uma) que queira repeti-las tenha de pedir-lhe permissão? Os jornais esquerdistas comemoraram o "crime" de Melania efusivamente, repetindo-o mundo afora, ad nauseam!!! Foi só isso que encontraram de reprovável na bela esposa de Trump?!!!

Bartolomeu disse...

Paolo Hemmerich,
O mundo tornou-se todo ele uma náusea, a partir da altura em que o homem deixou de caçar para se alimentar e ao seu clã e passou a utilizar armas, cada dia mais sofisticadas, que lhe permitem alimentar-se dos seus semelhantes. Canibalismo na sua forma mais porca, que conduz ao vómito... á náusea, num sentido pretensiosamente mais estético.