Número total de visualizações de página

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Entreguem-lhes o país...e safe-se quem puder!...

Os professores exigem do Governo...
A Ordem dos Médicos exige do Governo...
Os funcionários judiciais exigem do Governo...
O PS exige do Governo...
Os Municípios exigem do Governo...
A Intersindical  exige a demissão do Governo...
...e eu exigi-me não ver mais telejornal.
Entreguem-lhes o país, deixem-nos exigir uns aos outros e safe-se quem puder!...

3 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Quando se candidataram fizeram promessas que agora não cumprem.
Aquilo que se exige não é mais nem menos do que pedir respeito pelos eleitores.

Diogo disse...

E a Banca (para quem os Governos trabalham) exigiram dos contribuíntes um empréstimo de 78 mil milhões de Euros a juros agiotas.


Fernando Madrinha - Jornal Expresso de 1/9/2007:

[...] "Não obstante, os bancos continuarão a engordar escandalosamente porque, afinal, todo o país, pessoas e empresas, trabalham para eles. [...] os poderes do Estado cedem cada vez mais espaço a poderes ocultos ou, em qualquer caso, não sujeitos ao escrutínio eleitoral. E dizem-nos que o poder do dinheiro concentrado nas mãos de uns poucos é cada vez mais absoluto e opressor. A ponto de os próprios partidos políticos e os governos que deles emergem se tornarem suspeitos de agir, não em obediência ao interesse comum, mas a soldo de quem lhes paga as campanhas eleitorais." [...]

Agitador disse...

Caro PC

Como eu o entendo no seu desabafo!!!

Todos querem tudo mas têm muito pouco para dar. Quem vê o País de fora como eu está mais triste do que nunca! não sei como isto tudo vai acabar mas pelo seu Post fico cada vez mais preocupado.
Abraços