Número total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de julho de 2014

"Tome os comprimidos"

Achei interessante a inovação, de grande utilidade. Achei, mesmo, uma ideia brilhante. Lembrei-me de alguns dos meus familiares que tomam baterias de medicamentos a horas distintas do dia. Usam umas caixinhas de plástico compartimentadas que ajudam a não esquecer e a não fazer confusões.
Uma caixa com programação informática que alerta para a toma de medicamentos à hora certa e com avisos úteis no caso de esquecimento é uma grande inovação:
É uma caixa de comprimidos criada para garantir que as pessoas tomam o medicamento certo à hora adequada. A caixa contém um alarme sonoro e visual que é activado quando chega a hora de tomar o medicamento. Este alarme só é interrompido quando a caixa é aberta. Nessa altura, desencadeia, na aplicação, as instruções de voz relacionadas com a dosagem e instruções adicionais. Possui ainda um serviço de monitorização remota que permite avisar os familiares quando o medicamento não é tomado. 
O projecto foi desenvolvido por uma start up portuguesa - chama-se Pharmassistant - ganhadora de um prémio que lhe vai permitir ir em busca do mercado e de investidores que apoiem o desenvolvimento do projecto. Uma prova de que temos potencial de investigação, temos conhecimento e inteligência. Precisamos de muitas mais caixas de comprimidos, assim saibamos promover e proteger a investigação...

1 comentário:

Chama a Mamãe! disse...

Há muitos tipos de públicos para as tais caixinhas, aqueles acometidos de hipocondria,inclusive. A caixinha irá, em breve, ser mais aprimorada. Aguardem. É que para quem é desprovido de ouvir, e alguns surdos e cegos, a caixinha não servirá muito. Mas...o que estou dizendo?Afinal, quem se preocupa com "minorias", não é?
Mas, minorias à parte,o invento irá ajudar - e muito - pessoas que dependem de várias medicações ao longo do dia,especialmente a tão proclamada "melhor (?) idade".
Parabéns!