Número total de visualizações de página

quinta-feira, 30 de abril de 2015

Mais uma pérola nóvoa

"Convosco, livre, quero habitar a substância deste tempo, que exige um Presidente de causas..."
Sampaio da Nóvoa, no discurso de apresentação da candidatura a PR
Pois habite, homem, habite à vontade. Não sei é se o tempo o não despejará rapidamente da almejada substância...

13 comentários:

Tavares Moreira disse...

A vacuidade sonora, no seu esplendor, mais uma vez!

Fernando Vouga disse...

Falar caro sem dizer nada é uma arte em vias de expansão.

opjj disse...

Tenho uma dúvida, será que concorre a 1ºM ?
Qual a varinha para pôr tudo a funcionar? Sempre ouvi dizer que faz-se mais calado.

Unknown disse...

Neste caso concreto,"nefelibata" será elogio...

Diogo disse...

Julgo que o direito à habitação está garantido na Constituição. Resta saber em que tipo de caverna se está o Nóvoa a meter...

Tavares Moreira disse...

Pinho Cardão, sobre este tema convém não perder a análise de VPV na edição do Público de hoje.
Verrinoso mas sempre lúcido, põe a nú, com enorme argúcia, a mefistofélica génese da candidatura SdaN...

Manuel Silva disse...

Caro Dr. Pinho Cardão:
O senhor é um verdadeiro especialista na caça de «pérolas».
Lamenta-se que não distinga metáforas de pérolas, enfim são opções.
E que nada mais tenha encontrado digno de nota no discurso.
Se calhar o homem devia ter falado do sorriso das vacas açorianas.
O que teria sido muito mais empolgante, certamente.
Não sei, isto sou eu a inventar.
Quanto à poção de ódio que o senhor Vasco Correia Guedes (vulgo VPV) despeja semanalmente nas páginas do jornal Público, que todos arrasa sem piedade, com uma mesma violência verbal gratuita, negativista, normalmente bastante injusta, eu fiquei vacinado contra tal personagem no início da década de 90.
Nos arquivos do jornal Público poderá encontrar 2 longuíssimos artigos sobre o desenrolar da III Guerra Mundial, explicado passo a passo, caso a Ucrânia se tornasse independente, pois fora a longínqua mãe da Rússia e era o seu celeiro.
Uma impossibilidade, portanto.
Infelizmente a guerra aconteceu mas VPV resistiu, nós também, pelo que o senhor pode seguir o conselho do seu correligionário Dr. Tavares Moreira e ler a brilhante e instrutiva prosa.
Boas leituras.

Manuel Silva disse...

aro Dr. Pinho Cardão:
Deixo-lhe mais uma pérola do candidato Sampaio da Nóvoa.
http://www.jn.pt/live/Entrevistas/default.aspx?content_id=4491158
São só 2:24, faça um esforçosinho, nem que tenha de tomar um pouco de Alka-Seltzer.

Pinho Cardão disse...

Caros Tavares Moreira e Fernando Vouga:

É isso. Quando não há conceito subjacente, abundam as palavras. A esmo e quaisquer que sejam.

Caro opjj:
Nefelibata é enorme magnanimidade. O mundo do candidato paira em galáxias distantes..

Caro Manuel Silva:
O meu amigo, de facto, compreende-me muito mal. Qual alka-seltzer, qual carapuça!...Eu leio com enormíssimo prazer os escritos e ouço, sempre embevecido, a oratória do candidato Nóvoa. é das coisas que me diverte. O candidaro é mesmo um achado!...

Pinho Cardão disse...

Caro Diogo:
Talvez esteja mesmo já aprisionado na na caverna do Platão, e tome as sombras pela realidade...

Carlos Sério disse...

Uma outra pérola:
"conheceu mundo, é um empresário bem-sucedido, viu muitas coisas por este mundo fora e sabe, como algumas pessoas em Portugal sabem também, que se nós queremos vencer na vida, se queremos ter uma economia desenvolvida, pujante, temos de ser exigentes, metódicos".
O empresário é Dias Loureiro e o autor é o PC.

Carlos Sério disse...

Local.
Inauguração de uma queijaria.

João Pires da Cruz disse...

Não seria útil o PSD lançar Fernando Seara na corrida? Assim sabia-se que ao segundo dia de debate poderia fazer-se o primeiro resumo para tirar uma frase de jeito.