Número total de visualizações de página

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Ferro velho!

"Bom senso está ausente ao mais alto nível", diz Ferro Rodrigues, líder parlamentar do PS, a propósito de Cavaco Silva estar decidido a cumprir o que diz a Constituição no que se refere à data das eleições, que terão que ocorrer entre 14 de Setembro e 14 de Outubro.  
Todavia, não mexe uma palha para que a Assembleia da República altere a norma, porque "qualquer intenção nesse sentido teria meros efeitos propagandísticos", segundo Vieira da Silva.
Donde, para os pobres socialistas o senso do PR mede-se pela propaganda que se dispõe ou não dispõe a fazer em favor do PS, o que é de uma riqueza conceptual verdadeiramente notável. 
Para além da rasteira, gratuita e primária afirmação de Ferro, o que avulta e é lamentável é a forma indigna como um actor político relevante se dirige ao Presidente da República. Se ele, ou outros como ele, não se respeitam entre si, claro que não têm o respeito de ninguém. Como cada vez mais acontece. 

3 comentários:

opjj disse...

Vieira da Silva não se vê ao espelho.
1-Em 2008 mandou uma circular a todos os pensionistas que adquiriram pensões no estrangeiro sob pena de tirar a pensão de cá caso não respondessem. Meu Pai tinha 270€ de 4 anos em Paris e 203€ da pensão de cá. Em Fevereiro 2009 tirou-lhe 53€ duma pensão de 203€.Durante 30 anos a França nunca se incomodou com a pensão de Portugal.
2- Todos os meus camaradas de armas, com tempo igual ao meu, 26 meses de guerra e nos mesmos locais,recebem pela segurança social 150€ anualmente. Eu, porque paguei o tempo militar e trabalhei no Estado recebo 89€ sujeitos a IRS.Descriminação absoluta.
Este senhor devia era ir dar banho ao cão sempre evitava babuseiras.
Cumps.

JM Ferreira de Almeida disse...

Também me impressiona a forma como o PR é visado, independentemente da razoabilidade ou irrazoabilidade das críticas que lhe dirigem.
Independentemente do que dizem Ferro e Vieira da Silva, que devo dizer, já não me aquece nem arrefece, a posição do senhor PR tornada mais clara na entrevista que deu ao Expresso, merce alguma reflexão especialmente quanto às razões em que assenta a sua posição sobre a data das eleições. Havendo tempo, gostaria de deixar um post sobre o assunto.

Bartolomeu disse...

Na "casa dos segredos" um (programa?) da TVI apresentado por Teresa Guilherme (que não vejo mas acerca do qual oiço relatos e opiniões) desenrolam-se situações "mediaticas" muito semelhantes. São essas situações que conferem ao programa audiências, contratos publicitário e ainda, a classificação de programa mais visto das televisões. A ação desenrola-se dentro de uma casa e os protagonistas de várias cores, movem-se e agem de forma a esconder o segredo com que entraram para o jogo. Pelo meio, existem estórias de amor e odio e muiiiiiita festarola. Tudo à pala da organização. Haverá um "reality show" capaz de melhor caracterizar esta fantochada toda das eleições, das datas e dos prazos? Naaaa... duvido!