Número total de visualizações de página

domingo, 30 de novembro de 2014

Um Bloco estonteantemente cissíparo!...

A cissiparidade do Bloco atingiu  uma velocidade estonteante. Para o que dele restava, em vez de dois, os líderes são agora seis, incluindo uma porta-voz. 
Ora se os triunviratos não duram muito, que os triúnviros amam liquidar-se mutuamente, um hexaunvirato por certo potenciará essa tendência. 
O que não deixará de ser bem inestimável para o país. 

8 comentários:

Luis Moreira disse...

Mas aquela malta com ar de ungida não se dá conta?

Tiro ao Alvo disse...

Seis cabeças? Isso não existe, isso passa além de monstro...

João Pires da Cruz disse...

Claro que existe. E, se virem as imagens, vai funcionar, sim. Pelo menos enquanto o "bong" continuar a rodar...

Pedro disse...

mas é claro que vai funcionar!!!

e é de louvar: o primeiro partido onde a totalidade dos militantes fazem parte da direção!


(ironic mode: on!)

Pinho Cardão disse...

Caro Luís Moreira:
Está visto que não. E a comunicação social também não.

Caro Tiro ao Alvo:

Olhe que não, olhe que não. Há muito mundo para descobrir...

Caro João Pires da Cruz:

Então já está mesmo descoberto...

Caro Pedro:

Quase verdade. Falta o Louçã e o Arnaut, mas esses é que continuam a mandar.

Bartolomeu disse...

Não sei se irá funcionar, caro Cruz.
Lembre-se que ha muito tempo, a um fulano chamado Hercules foram dados doze trabalhinhos, uma penitência por ter limpo o sarampo à mulher e aos filhos. O segundo trabalhinho consistia em mandar a hidra de sete cabeças para o malagueiro. A espiga é que, por cada cabeça que o Héracles cortava à hidra, nasciam uma molhada delas. Então a solução foi queimar a ferida, assim que a carola era separada do corpo. Restou a cachola central mas, como para os herois não ha dificuldades, até "essa" a do meio... ele separou, cumprindo assim gloriosamente o trabalhinho.
Como perguntava ha dias um comentador da nossa praça... pelo jeito que a "coisa" leva, se começam a cortar cabeças, será que alguma irá prevalecer no sítio?

João Pires da Cruz disse...

Caro Bartolomeu,

este é um trabalho que nem Hércules conseguirá. Não consegue separar as cabeças do corpo simplesmente porque não há corpo...

Bartolomeu disse...

Caro João,
Quer dizer... haver, ha; é um corpo virtual mas, c'um raio, estamos numa era em que tudo é a fingir... nada parece aquilo que nunca é. Pelo menos é a moda...