Número total de visualizações de página

domingo, 9 de novembro de 2014

O Muro caíu. Caíu?



Faz 25 anos que foi derrubado. Derrubado? Ainda hoje a nossa RTP que pagamos, como antídoto e contraponto à notícia que não teve como deixar de dar do acontecimento, logo colocou no ar cancões do período revolucionário pós 25 de Abril, a ilustrar reportagem com acontecimentos da altura. 
O Muro caíu, mas ainda há quem lhe sinta a falta e o pretenda ressuscitar. Como resguardo das amplas liberdades que só as ditaduras que o ergueram são capazes de conceder... 

5 comentários:

Bartolomeu disse...

Aqueles muros que gostariamos de ver derrubados, mais que os de betão, são os sociais e os mentais. São estes que levam à construção dos outros, mas que prevalecem após o seu derrube.

João Pires da Cruz disse...

É interessante o facto de um partido de inspiração fascista como o PCP, com votações perfeitamente residuais consegue ter um estado inteiro refém por ter as pessoas certas nos lugares chave. A falta que faz um garante da constituição a sério..

João Pires da Cruz disse...

"Perante a campanha anticomunista de intoxicação da opinião pública desencadeada a pretexto da passagem de 25 anos sobre a chamada «queda do muro de Berlim», o PCP considera necessário afirmar o seguinte:"

http://www.avante.pt/pt/2136/internacional/132905


Vale a pena...

Bartolomeu disse...

"a chamada queda"... diz muito bem, meu Amigo Cruz. Os comunas não perdem a oportunidade para se masturbar com a esquerda, mostrando que a direita seria incapaz de lhes proporcionar o mesmo prazer, com a mesma intensidade. Mas esquecem-se que foi só o sacana do muro que foi derrubado. Quem já se promenou por Berlin e passou o Portão de Brandemburgo, teve oportunidade de conhecer uma Berlin radicalmente diferente da económica, próspera, moderna e rica Berlin europeia. E não são necessários mais que duas centenas de passos. O sacana do muro já lá não está mas estão so mesmos edifícios, soturnos em tijolo, estão as pessoas, as escolas, as universidades e ainda a menos eficiente rede de transportes públicos, teatros, centros comerciais, etc. Aquele lado de Berlin, passados 25 anos, mantem os seus fantasmas as suas chagas, as suas dores, apesar de as correntes que arrastam não terem o mesmo peso.

Diogo disse...

Caro Pinho Cardão,

É um facto reconhecido por todos que a RTP está infestada de comunistas...

Abraço