Número total de visualizações de páginas

sábado, 23 de dezembro de 2006

Boas- Festas!...

A todos um Bom Natal, com saúde, concórdia, solidariedade e alegria de viver!

Para mim, o Natal ainda é o de quando era pequeno: a noite da consoada e a ternura do sapato na chaminé à espera da prenda do Menino Jesus... E também a cerimónia do beijar o Menino recém-nascido, na missa da manhã fria do dia seguinte e a memória das canções que aí entoávamos:

Correi pastorinhos
Depressa a Belém
Com alma e carinho
Por Deus nosso bem!...

Pequenino, está deitado,
Nas palhinhas Deus infante
E não há no céu estrelado
Astro de ouro mais brilhante!...

Mais que à estrela do Oriente
Mais que o ouro dos Reis Magos
Jesus quer ao inocente
E aos pobres quer afagos!...

É por isso que nada me fará abdicar de enviar as Boas-Festas com um cartão alusivo ao presépio, afinal a razão de ser da época que festejamos.
Para todos os autores do 4R, comentadores habituais, comentadores esporádicos e visitantes os votos de um excelente Natal!

8 comentários:

Massano Cardoso disse...

Caro Pinho Cardão

Já reparei que ultrapassou o "simplex" do nosso amigo Ferreira de Almeida! Ainda bem, porque chegou a tempo com um belo post.
Concordo consigo, e agora que começa a emergir a corrente do "religiosamente correcto" – para não ofender os não cristãos! - nada melhor do que manter certas tradições que, quer queiram quer não, fazem parte da nossa cultura.
Independentemente das opções religiosas que as pessoas possam professar ou não, não vejo e nem considero incorrecto quaisquer das suas manifestações, desde que traduzem respeito, tolerância, amor, amizade e solidariedade.
Temos as nossas e não devemos abdicar, porque de outro ainda nos arriscaríamos ser transformados em “cripto-natalistas”!
Viva o Natal. E já agora que o “menino Jesus” traga boas prendas para todos.
Reminiscência dos velhos tempos…

João Melo disse...

Graças do ao Plano Técnológica do JMFA , o Dr pc já pode postar . e em grande forma como se vé...
O meu amigo faz as honras natalicias com mestria .
Desejo aos republicanos felicidadas nesta época festiva , assim como os habituais convivas deste espaço que se chama " 4 -Republica".

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Caro Dr. Pinho Cardão,
Ainda não consegui beneficiar do "choque tecnológico" e aproveitar a modernização do nosso blog!
Que bonito e sincero post.
Manter a tradição do Natal é, entre muitas outras coisas igualmente bonitas, expandir a amizade num sorriso mais bonito, é quando o amor fala mais eloquentemente, é quando mais generosamente nos lembramos e fazemos algo mais pelas pessoas que necessitam da nossa ajuda mas que nada pedem,...
O Natal é de todas as festividades aquela que me desperta estados de alma mais poderosos e sentidos. Há no Natal um tom de solenidade e um sentimento sagrado que faz elevar o espírito a um estado de sublime alegria...
"Na missa da manhã fria do dia seguinte" o efeito da música sobre os nossos sentimentos espirituais é grandioso quando o coro e o órgão executam em uníssono um Hino de Natal. O efeito é de uma contagiante harmonia...
E o Natal é muito mais...
Que o NATAL seja um momento para todos e para cada um de nós de muita felicidade, esperança e fé: FELIZ NATAL.

Anónimo disse...

A Margarida dá-me permissão para subscrever o seu comentário?

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

José Mário,
Claro que sim. O NATAL fica, assim, mais luminoso...

Suzana Toscano disse...

O choque tecnológico redobrou-lhe a energias, caro Pinho Cardão, excelente post mas não tenho nada a acrecentar ao que já disseram o Massano Cardoso e a Margarida. Aproveito a boleia da autorização já dada ao Zé Mário, e subscrevo os dois... Santo e Feliz Natal a esta comunidade 4republicana, a que já pertencem por direito próprio todos os comentadores e leitores!

Suzana Toscano disse...

E, já agora, aproveito para recomendar vivamente uma visita ao Palácio de Belém para ver a exposição de Presépios, está uma beleza, com exemplares de todfos os cantos do mundo, reflectindo culturas, arte e fé das formas mais variadas mas sempre cativantes. A não perder!

Pinho Cardão disse...

Ora aí está uma excelente sugestão!...