Número total de visualizações de página

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Confiança




Sucedem-se os balanços e os vaticínios em registo unânime. 2011 foi mau, 2012 será pior. Quando tudo parece negativo há que repor a esperança. Alguém por aí perguntava se será caso de a realidade ser escura ou de a perspectiva ser pouco luminosa. À custa de pensarmos que há sempre alguém ou alguma instituição pronta para resolver os nossos problemas, os indviduais e os coletivos, perdemos, isso sim, a perspetiva de que o futuro depende fundamentalmente de nós, da nossa capacidade de idealizar e de fazer. Por isso, desejo sinceramente um 2012 com saúde, condição primeira para que tudo de bom sobrevenha.
Em especial, dirijo às minhas queridas amigas e queridos amigos autores deste 4R, aos amigos comentadores e a todos quanto nos acompanham nos sentimentos, ideias e reflexões que aqui imprimimos, votos para que 2012 venha a ser um ano de realizações e de sucessos.

5 comentários:

Bartolomeu disse...

Acompanho com sinceridade os votos que deixa expressos, caro Dr. José Mário.
E para que se concretizem, cumpre-nos, de todas as formas possíveis, "semear fontes", aqui e ali, por forma a que, os fios de água que delas brotarem, se juntem, e resultem num rio poderoso, mas, cristalino e pleno de vida.
http://www.youtube.com/watch?v=YY-pvlsgK2w&feature=player_embedded#!
Um excelente 2012!

Suzana Toscano disse...

Também para si, Zé Mário, e para todos os 4republicanos que aqui participam, ou que nos acompanham, os meus votos de um ano 2012 muito feliz, a dar cada vez mais valor ao que temos e a aprender a viver sem o que perdemos. Um abraço por mais este ano de companhia!

Bmonteiro disse...

E que uma austeridade saudável seja convosco, connosco.

Tonibler disse...

"Enquanto uns choram, os outros vendem lenços"

Bom ano a todos!

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

José Mário
Também para si e para todos os que participam na Quarta República e a visitam um Bom Ano 2012, à descoberta do melhor que somos e que temos. Um abraço amigo.