Número total de visualizações de página

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Reformas estruturais


Distraído que ando, só hoje soube que o Boletim Meteorológico é agora tarefa do Instituto Português da Atmosfera e do Mar, que agrupou o Instituto de Meteorologia Nacional e o Instituto da Investigação das Pescas e do Mar.
Acho muito bem, que isto de investigar as pescas tem óbvias repercussões meteorológicas e vice-versa, já também os peixes precisam de saber se chove, para se abrigarem nas tocas, ou se faz sol, para nadarem à vontade.
E ainda dizem que não se fazem reformas estruturais em Portugal!

10 comentários:

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Dr. Pinho Cardão
Pode ser que com a combinação Atmosfera e Mar a "meteorologia" estrutural melhore...

Tonibler disse...

Sempre são menos não sei quantos directores e adjuntos.

Jorge Lucio disse...

Para lá de cortar directores como bem diz o Tonibler, a pesca hoje é de facto suportada por informações metereológicas: por exemplo, zonas de águas quentes, por motivo de correntes motivadas por diferenças de pressão, são frequentemente de maior presença de peixe.

Por uma vez, na (novamente) adiada reforma dos serviços públicos ou fundações, dou alguma razão ao Governo!

Pinho Cardão disse...

Caro Jorge Lúcio:
Por acaso, mero acaso, a agricultura também é cada vez mais dependente das informações meteorológicas (regas, tratamentos, etc).
Pelo que, por essa ordem de ideias, a denominação deveria ser Instituto da Investigação da Atmosfera, do Mar e da Terra...

Stoudemire disse...

O Pinho Cardão a falar sobre agricultura e a sua relação com a meteorologia...

Quem conhece a matéria, antecipa, com dias de antecedência, a previsão... São muitos anos a lidar com o clima... agrícola.

Bmonteiro disse...

Boletim meteo de um autarca:

O saneamento básico corresponde a uma actividade prestacional pública que o chamado mundo ocidental...
...uma noção de natureza essencialmente técnica destinada a veicular uma significação tríplice...
O enquadramento normativo vigente reserva para os entes públicos...
...uma tal constatação que levou o Poder Constituinte a consagrar na Constituição da República diversos preceitos...
Em boa verdade, estamos perante uma obrigação de natureza bifronte...
...providenciam uma actividade de fornecimento ou facilitação (“em alta”) das actividades que, por seu turno, os municípios irão assegurar (“em baixa”) junto de cada um...
...directamente confiados aos municípios que servem (“em alta”), sob pena da preclusão dos mais básicos princípios constitucionais...

Pois. “Saneamento básico, serviço público e poder local”
By Fernando Seara,
DN, 4Jan13, Notas soltas.
Pois.

Bmonteiro disse...

Aliás,
já tinhamos tido com Portas CHOD (ChiefOfDefense),
outra originalidade 'estrutural'.
Ministério da Defesa & del Mar.
Very peculiar.

manuel.m disse...

E os rios ,onde estão eles ?
Acho que é completamente inconstitucional !

Bartolomeu disse...

Ficam a ganhar os tipos da meteorologia que sempre comem umas caldeiradas à conta dos tipos do Mar, e poupa o estado em telefonemas de um lado para o outro.
Assim como assim, já nem os pescadores nem os agricultores se guiam pelas informações dos da meteorologia. Os únicos utentes deste serviço, são so funcionários públicos que escutam religiosamente as previsões atmosféricas para saber se devem sair com abafos e chapéus de chuva, ou à-la-gardere. É que, com o aumento da idade para a reforma, o aumento das taxas de saúde e dos preços dos medicamentos e dos meios de diagnóstico e tratamento, assim como das intervenções e internamentos, o funcionário público tem de tomar todos os cuidados - seguindo o conselho do Senhor Secretário de Estado da Saúde - para conseguir chegar aos 90 anos, com saúde suficiente para gozar a reforma.
Isséqueé!!!

Jorge Ventura disse...

Esta nem me parece muito má , comparada por exemplo com a nova autoridade aeronáutica criada sem se extinguir nada.
O estudo do Clima é feito em relação estreita com o dos Oceanos , e a informação meteorológica interessa e condiciona mais as actividades marítimas que as terrestres.
Foram certamente buscar a designação a NOAA americana , que agrupa os estudos atmosféricos e oceânicos.
Não é uma reforma estrutural mas sempre é uma reforma...