Número total de visualizações de página

terça-feira, 6 de maio de 2014

Alternativa segura? Nem com um milhão de lanternas!...

Ouvi há pouco um excerto de uma entrevista à SIC em que António José Seguro, interrogado se iria baixar impostos no caso de ser eleito, afirmou e reafirmou que apenas se comprometia a não aumentar a carga fiscal. 
Talvez ninguém mais do que Seguro e os seus brilhantes acólitos criticaram o "roubo" descarado que o governo fazia, através de impostos de todas as naturezas, através da CES, e recorrendo a todas as "manigâncias" possíveis que pudessem retirar uma parte dos salários e das pensões aos portugueses.
Ainda há dois dias, Seguro criticou violentamente  o governo pelo injustificado aumento do IVA e da TSU. 
Pois, agora, aquilo que era condenável passou a ser tão virtuoso que Seguro nem pensa em mexer-lhe. O roubo é para ficar, agora que Seguro está a pensar em ser ele a meter-lhe a mão, quer dizer, a geri-lo.
Há 2300 anos, deambulava Diógenes pela ruas de Atenas e Corinto com uma lamparina na mão a ver se encontrava um homem honesto. Poderia bem fazê-lo agora em Portugal, à procura de alternativas políticas sérias e honestas. Estou bem seguro de que não encontrava. Nem, seguramente, com um milhão de lanternas. 

9 comentários:

Cão que fuma disse...

Sensacional!
Lá vou eu de novo (re)postar no nosso bloguinho.
Parabéns!
E, já agora, muito obrigado pela compreensão pelas republicações.
Abraços./-

Bartolomeu disse...

Ou "isto" dá uma grande semi-volta (porque se der a volta completa, volta ao mesmo ponto) até ao dia das eleições legislativas, ou estaremos perante o, provavelmente, maior impasse a nível de decisão de voto, desde o início da democracia.
Ontem, ouvimos Marcelo, à entrada das comemorações dos 40 anos do partido, e com muita lucidez a meu ver, que o 'povo' se sente enganado por este governo além de não ter cumprido as promessas eleitorais, ter ainda feito o oposto do que prometeu.
Contudo, muito deste 'povo' percebe com clareza que Seguro não apresenta soluções nem deixa antever a possibilidade de vir a tê-las. O próprio PSD acha-se dividido internamente; e não só dividido; encontra-se também numa situação de rivalizar consigo próprio. Da esquerda comunista também não se vislumbra solução, para além do estigma que a palavra comunista carrega. A restante esquerda, anémica, inconsistente, não me parece que possa sair algo capaz de obter votos suficientes para governar.
Será que caminhamos para uma reedição de 'Governo de Salvação Nacional'?
Seria talvez uma forte hipótese, se ainda houvesse uma Nacionalidade e se ainda fosse possível salva-la...

jotaC disse...

"(...)Pois, agora, aquilo que era condenável passou a ser tão virtuoso que Seguro nem pensa em mexer-lhe. O roubo é para ficar, agora que Seguro está a pensar em ser ele a meter-lhe a mão, quer dizer, a geri-lo.(...)"

É isto mesmo, e de tão evidente chega a ser confrangedor. Como já opinei, ou Seguro tem uma vitória retumbante ou sai esfrangalhado pelos pares.

jotaC disse...

DIÁLOGO FACEBOKIANO

-Passos Coelho-Yuppi o Benfica é campeão!!!
Luis F Vieira, Jorge Jesus José Sócrates e 6000000 gostam disto

-Paulo Portas-Não sabia que eras benfiquista!!!
3 pessoas Gostam disto

-Passos Coelho-E não sou. Mas com a vitória do Benfica posso aumentar os impostos durante um mês que ninguém vai reclamar
Maria Luísa Albuquerque LOOL Gosta disto

-Vitor Gaspar- Caramba. Se eles tivessem sido campeões mais cedo, eu ainda estava no governo!
25 Gostos

-José seguro- Isso é muito chato. O campeonato só devia acabar depois das eleições. Estou f@&d#!

-Bruno de Carvalho-Acho uma falta de respeito pelo Sporting estarem a desejar a vitória ao Benfica. Vou já fazer um comunicado
1958 Gostos

-Miguel Relvas I Oh Bruno se quiseres um treinador para o ano fala comigo eu já tenho o curso de treinador
59584 Gosto

-Passos Coelho LOOOL
4 Gostos
-Paulo Portas-Oh Relvas, lá estás tu com as tuas cenas!
9 Gostos
-Miguel relvas I O que foi não estou a perceber!

Pinho Cardão disse...

Caro JC:
Essa é boa!Muito boa!
E se fosse o FCP a ganhar, outro galo cantaria!...

João Pires da Cruz disse...

Se fosse o FCP a ganhar, Portugal festejava porquê?.... :)

Pinho Cardão disse...

Caro Cão que fuma

Muito obrigado, eu.

Caro Bartolomeu:

Não sou eu que vou negar o substancial do que deixou dito...

Caro João Pires da Cruz:

Para quê complicar, caro JPC?

Há mais Portugal para além do oficial...E esse é o autêntico. Porque o primeiro é o país sentado.

Bartolomeu disse...

Pois... na realidade e para mal dos nossos pecados (não sei se de inépcia, se de inércia) não podemos negar que se de um lado chove, do outro faz um mau tempo diabólico, caro Dr. Pinho Cardão.

Diogo disse...

Diógenes, hoje, encontraria, pela ruas de Lisboa, com uma lamparina na mão, muita gente espoliada. E se procurasse mais longe encontraria Gupta:

Chris Gupta: "A constituição de uma «Democracia Representativa» "consiste na fundação e financiamento pela elite do poder de dois partidos políticos que surgem aos olhos do eleitorado como antagónicos, mas que, de facto, constituem um partido único. O objectivo é fornecer aos eleitores a ilusão de liberdade de escolha política e serenar possíveis sentimentos de revolta..."

O que diz tudo dos Sócrates, Seguros, Barrosos, Coelhos, Cavacos, etc. etc., etc… Que o inferno (com uma ajudazita dos cidadãos) os acolha mais cedo do que aquilo que eles antecipavam...