Número total de visualizações de página

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Mais um seguro tóxico

Mais uma vez, agora em Santa Maria da Feira, Antonio José Seguro prometeu, "sob palavra de honra", acabar com a TSU dos pensionistas. Textualmente: "fizemos as contas e quero mais uma vez garantir-vos sob palavra de honra que, uma vez chegados ao Governo, voltaremos a dar aquilo que é um direito dos pensionistas e dos reformados e devolveremos as reformas, acabaremos com a TSU (taxa social única) dos pensionistas".
Mas por que é que Seguro promete sempre acabar com o que não existe (a TSU dos pensionistas), e não promete acabar com o que realmente existe, que é a CES-Contribuição Extraordinária de Solidariedade- ou, na nova versão, Contribuição para a Sustentabilidade da Segurança Social? 
Para, depois, poder dizer que nunca prometeu acabar com a CES? 

2 comentários:

Bartolomeu disse...

Não se terá dado o caso de Seguro ter prometido acabar com a TESUM dos pensionistas? É que a pronuncia do Norte, por vezes confunde o pessoal do Sul.

https://www.youtube.com/watch?v=cqHsPqOylQs

Gonçalo disse...

Contas das cigarras socialistas. Qualquer menino que conhece a estória sabe que a formiga trabalha e amealha e que a cigarra gasta e diverte-se.
No fim, sabem também como acaba a estória. Sem dinheiro e aos joelhos da troika. E aí, novamente, volta a formiga para fazer o trabalho difícil.