Número total de visualizações de página

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Relatividades

Ouvindo Catarina Martins acontece-me sentir alguma simpatia pelo senhor Tsipras.

4 comentários:

Pinho Cardão disse...

Estou como o meu amigo, caro Ferreira de Almeida. Nesse aspecto, isto por cá ē bem pior que na Grécia...

Tavares Moreira disse...

Caro Ferreira de Almeida,

Não é só essa talentosa criatura que discorre em regime de erro contínuo sobre a temática grega...
As últimas 24 horas, pelo pouco que tenho lido e ouvido dos media e seus habituais comentadores, encerram um dos capítulos de maior indigência na produção opinativa doméstica!
Tudo se passa como se o Siryza se apresentasse como o salvador da democracia na Europa, fazendo-se a mais completa tábua rasa dos direitos dos demais povos europeus a terem opinião nesta matéria e a defenderem os seus legítimos interesses!
Muito poucos se aproveitam nesta demencial orgia Siryzista - entre as excepções, permito-me louvar o bom senso e a paciência (para ouvir os maiores dislates sem se descompor) do José Gomes Ferreira´!
Para onde vai este País com uma esquadra mediática tão miserável, pronta a afundar-se ao primeiro tiro?

Zuricher disse...

Essa é aquela rapariguita que está sempre muito zangada? Se for quem eu estou a pensar, pufff, coitado de quem a aturar por mais de 30 segundos.

João Pires da Cruz disse...

Pois eu gosto dos dois. Acho que me faz falta ouvir a frescura de jovens de 50 anos a chamar-me ortodoxo por não gostar das suas ideias, que se sabem erradas há 200 anos.