Número total de visualizações de página

segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Uma democracia do maduro!...

Mandei prender o general na reserva Angel Vivas, proclamou Nicolás Maduro, acabei de ver e ouvir na televisão.
Ora aí está um Presidente democrata. Não gosta, prende, assunto arrumado!...
Mas acontece que deve ter razão, já que, segundo o nosso democrático PC, as manifestações na Venezuela são acção golpista de grupos fascistas. E Maduro por certo que usa o fascistómetro, para medir o nível fascista de cada qual. Assunto arrumado, também. 
Por lá, o governo é democrata, mas reprime manifestações e manda prender quem não gosta de ouvir, mas por cá é fascista, mesmo que manifestações e greves sejam o pão nosso de cada dia.
Por lá, as manifestações são fascistas; por cá, são um grito do povo.
Mais uma vez, assunto arrumado. 

4 comentários:

murphy V. disse...

No que que toca a socialismo, só se conhecem dois tipos de países ou modelos de sociedade:

- os países dos "amanhãs que cantam": onde, alimentando-se das desigualdades sociais existentes (e que sociedade não a tem?...), instrumentalizando os mais desfavorecidos, se promete um modelo que funciona perfeitamente nos discursos e na retórica, que garante - um país "igual e fraterno", o fim dos ricos, enfim, uma sociedade com um futuro resplandecente, à medida de um conto de fadas;

- os reais: com os países que passaram por tal processo. Com os consistentes e sobejamente conhecidos resultados experimentados em diversas geografias e sociedades. E o que sesultados são esses: pobreza generalizada, aumento de todo o tipo de desigualdades e assimetrias, violação dos direitos humanos, presos políticos, fome, etc. (ex-URSS, Cuba, China, Coreia do Norte, Albânia, Venezuela,…).

Infelizmente, nem sempre a realidade consegue desmentir a propaganda e a culpa da miséria ainda sobra para o imperialismo e o capitalismo...
http://jornalismoassim.blogspot.pt/2014/01/ainda-assim-utopia-esta-bem-viva.html

Bartolomeu disse...

Mesmo assim, podem erguer as mãos aos céus e dar graças. Se tivessem lá o Ótelo, ia tudo direitinho para a praça de touros mais próxima... e depois logo se veria.

opjj disse...

Há uns 3 anos um rapaz Russo de 21 anos, aproximou-se e pediu-me uma sopa quente, pois todos lhe ofereciam bolos e sentia-se enjoado.
Trabalhava nas obras, falava já português e perguntei-lhe; então o seu Pai e sua Mãe.
Meu Pai é oficial reformado.
Minha mãe é enfermeira reformada.
Ambos as pensões eram insuficientes para manter a família, por isso tive de fazer-me à vida porque na Europa tenho mais possibilidades.

Tonibler disse...

«aqueles que perderam sucessivas eleições continuam a recorrer a todos os meios, incluindo à violência, para alterar a ordem constitucional e anular a vontade do povo, expressa livremente»

Quando li isto pensei 'lá vão expulsar o Arménio e o Nomeará'...