Número total de visualizações de página

domingo, 24 de novembro de 2013

Falta de memória III

“A CGTP concentra-se em reivindicações políticas com menosprezo dos interesses dos trabalhadores que pretende representar”. 
Mário Soares à RTP, 1 de Junho de 1984
"A Associação 25 de Abril é qualquer coisa que não devia ser permitida a militares em serviço”.
Mário Soares a La Republica, 28 de Abril de 1984

3 comentários:

Luis Moreira disse...

Soares acertou nas duas ou três decisões estratégicas mais importantes nos últimos 40 anos mas, em termos de comportamento político, só o compra quem anda distraído.

Diogo disse...

Que pena que a Dra. Manuela Ferreira Leite não aceite comentários. Eu teria tanta coisa a dizer-lhe...

Ela que não tente fugir com com o tutu à seringa, porque, nos momentos que atravessamos e dada a responsabilidade desta Sra. nestes momentos, a Manuela virá seguramente à baila. E pagará por isso. Nos tribunais ou fora deles.

Ela é uma das grandes responsáveis pelo estado miserável em que muitos cidadão se encontram. E muitos destes cidadãos estão dispostos a tudo.

Diogo disse...

A CGTP tem sempre feito o papel de amansamento das populações revoltadas com a s grandes manifestações – cartazes, palavras de ordem, cantilenas e, sobretudo, «isto é uma manifestação cívica» - leia-se, nada de violência.

Da UGT nem vale a pena falar.

Quanto aos sindicatos afetos à CP e ao Metro, com ligações ao PSD e ao CDS, o objetivo é provocar a revolta das populações contra estes trabalhadores de modo a facilitar a privatização destas empresas.

Evidentemente que nem será mencionar que CGTPs, UGTs e sindicatos afetos à CP e ao Metro estão a soldo de interesses que nada têm a ver com as pessoas que lá trabalham