Número total de visualizações de página

sexta-feira, 5 de julho de 2013

As notícias, minuto a minuto...

14:32 - "Cavaco exige Portas no Governo"
14:37 - "Cavaco só aceita novo Governo sem Portas"
14:39 - "Portas passará a Vice-Primeiro-Ministro"
14.40 - "Portas viabiliza governo de coligação mas não o integra"
14:41 - "Portas integra Governo mas só se Maria Luís sair do Ministério das Finanças"
14:43 - "Maria Luís mantem-se nas Finanças e Portas sai"
14:53 - "Maria Luís é substituida por Paulo Macedo. Portas sai"
14:54 - "Maria Luís é substituída por Paulo Macedo. Portas fica"
14:55 - "Maria Luís é substituída por Paulo Macedo. Portas não sabe se sai ou fica"
14:59 - "Passos não aceita substituir Maria Luís"
15:03 - "Passos cede e substitui Maria Luís"
15: 09 - "Luís Filipe Vieira está preocupado com o País"
15:11 - "Portas joga pelo Seguro"
15:13 - "Eleições: Seguro não vê Portas de saída"
15:15 - "Bruma: de pequenino é que se torce o pepino"
15:13 - "Cavaco exige governo com Portas"
15:17 - "Passos leva a Belém governo sem Portas"

11 comentários:

Zuricher disse...

Ahahahahahhahahah!

Que circo, meu caro, que circo!!!

Bartolomeu disse...

16:01 - Conselho Superior de Defesa do Zé-Povinho, delibera e aprova a constituição das freguesias de Santos-o-Velho e de Santa Maria de Belém, em Reinos. Estes dois reinos cada um com seu governo, leis e orçamentos próprios passarão (ou passarões issagora...) a ser independentes do território nacional e a ser delimitados por fronteiras.
A bem da Nação;
O Povo!

Anonymus disse...

E porque não abandonar as «guerrinhas do alecrim e da manjerona» e tratar do que interessa:
Ora vejamos:
Previsões para 2013.
Memorando da Troika: Desemprego, 13,3%; Exportações, 6,4%; Importações, 2%; Procura interna, -0,4%; Défice, -3%.
7.ª Revisão da Troika (mesmos itens): 18,2%; 0,9%; -3,9%; -3,9%; -5,5%.
Brilhante!
Até o «comunista» Carlos Costa, governador do BdP, terá, numa reunião com o Presidente da República, admitido «o que há muito é inegável: não atingimos as metas do programa de assistência porque os pressupostos macroeconómicos incorretos e os multiplicadores que espelham o impacto do corte orçamental no PIB foram subestimados.»
Claro que há uma questão mais profunda, que é a própria desadequação das políticas, mas isso já sabemos que não será admitido nem nos próximos tempos nem nunca... mesmo sobre o cadáver da economia e da sociedade.

Pinho Cardão disse...

O rigor da informação no seu esplendor!
Aliás, mais coisa menos coisa, o rigor é sempre esse.
Depois, são os primeiros a denunciar os produtos tóxicos dos bancos...

Suzana Toscano disse...

Um serviço público, caro Zé Mário, este que aqui prestou, e é só um breve resumo de alguns minutos e de algumas "notícias"!

Suzana Toscano disse...

Um serviço público, caro Zé Mário, este que aqui prestou, e é só um breve resumo de alguns minutos e de algumas "notícias"!

Freire de Andrade disse...

E ainda pode continuar a sua série de notícias, todas absolutamente certas e confirmadas, todas a desmentir as anteriores e às vezes a desmentir mesmo notícias simultâneas de outros órgãos.

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

José Mário
Têm que mostrar trabalho e tentar acertar em alguma coisa!

Tonibler disse...

Bem, parecem ser os únicos que estão a tentar trabalhar nesta história. Embora alguns estejam a trabalhar para outros objectivos.

Tonibler disse...

Bem, parecem ser os únicos que estão a tentar trabalhar nesta história. Embora alguns estejam a trabalhar para outros objectivos.

Tonibler disse...

Bem, parecem ser os únicos que estão a tentar trabalhar nesta história. Embora alguns estejam a trabalhar para outros objectivos.