Número total de visualizações de página

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Finalmente a unanimidade!

Depois do fado, o futebol.
Ainda dizem que não há consensos sobre coisas decisivas para o futuro do País! Más línguas!

PS: À margem (ou talvez não): Torres Vedras apresenta a candidatura do carnaval a património mundial. Todos estamos, claro, solidários com esse nobilissimo, relevantissimo e mobilizador objetivo nacional...

1 comentário:

Bartolomeu disse...

O fado, o cante alentejano já são Património Imaterial da Humanidade, se o carnavalde Torres receber também essa distinção, a Nacional Prostituição também têm direito a candidatar-se, até porque o seu surgimento no país é muito anterior ao do fado, do cante e mais ainda, do carnaval. Isto para além de se lhe reconhecer a utilidade e o interesse públicos. Além de que, o carnaval de Torres começa a fazer-se notar, cada ano mais, pelo número crescente de "matrafonas" que pode sem grande esforço de imaginação, denunciar uma certa tendência Tuga para o transformismo e o transsexualismo. Daí ao acto de vender o corpo e quiça, a alma, pouco deve faltar.