Número total de visualizações de página

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

O regresso ao futuro, pelo velho Eça

"Quando os meios faltarem e um dia se perderem as fortunas nacionais, o regime estabelecido cairá para deixar o campo livre ao novo mundo económico".

6 comentários:

Bartolomeu disse...

Eça é que é essa!
Mas quando o regime estabelecido cair, já outro estará prontinho para o substituir de uma forma bem mais gravosa que a do anterior.
Estamos neste momento a assistir a essa evidência. Ainda ontem um deputado confrontou o primeiro ministro com as afirmações feitas antes de ser eleito e as decisões diâmetralmente opostas a essas afirmações que estão aser tomadas.
Em economia passa-se rigorosamente o mesmo que em política ou, vice-versa. Chegámos a um ponto em que já nada se distingue de nada. O estranho, é como é que mesmo assim, o mundo não deixou ainda de rodar...

JotaC disse...

Sendo uma época diversa da atual esta que o nosso Eça viveu, não deixa de ser curioso como a mesma pode (ressalvados alguns conceitos) apresentar paralelismo com o momento de crise por que estamos a passar, com a diferença de que o nosso futuro imediato não nos é dado conhecer, é mais um ato de fé, e o dele (do Eça), sabemos muito bem qual foi; e diga-se em abono da verdade que apesar de tudo herdamos um país com dignidade, muito mais perceptível quando no estádio entoamos o hino nacional…

Ilustre Mandatário do Réu disse...

"novo mundo económico" não, será mais o "caminho marítimo económico" -- angola, brasil, índia e china (sem esquecer o corno de áfrica).

o reino e cercanias estão em leilão depois de gestão danosa e consequente penhora.

JotaC disse...

Caro Drº Ferreira de Almeida,
Vou levar!

Anónimo disse...

Em resumo, a QUARTA REPÚBLICA

JotaC disse...

Exactamente, caro Drº Ferreira de Almeida...