Número total de visualizações de página

sábado, 12 de maio de 2012

Bem governados estamos!


"...A liderança municipal em ambiente metropolitano só pode ter como genética construtora o saber da liderança metropolitana, o saber da partilha em ambiente intergovernamental. A liderança municipal numa região metropolitana tem de possuir competência na visão e prospectiva metropolitana. O líder municipal é construtor de formulações institucionais metropolitanas quando a liderança se exerce em ambiente metropolitano…
...A área ou região metropolitana, a grande cidade metropolitana é hoje uma cidade policêntrica, confirma a multiplicidade de lugares centrais, verifica e expressa frentes de água, corredores naturais, territórios de competências clusterizadas, afirmações especializadas e diversas, uma rede de contraste preenchida por diversidade de centros históricos...
...O espaço urbano europeu, a cidade europeia, é o resultado de "permanente orquestração", de permanentes negociações complexas e descontínuas. Reconheça-se, no entanto, que embora a "permanente orquestração" seja causa de demoras e adiamentos na tomada de decisões, é hora de compreendermos que as imperfeições no sistema decisional podem, justamente, ao invés de se traduzir exclusivamente em percepção de limitações objectivas, podem, dizíamos, configurar oportunidades de relevo. A imperfeição é o produto de um sistema que, embora tolere um certo grau de conflito interno e autonomia relativa a cada um dos seus componentes, tem a tendência para manter solidez direccional, graças a um enquadramento, a um desenho, que embora pareça distante e confuso é por todos partilhado...."
Fernando Seara, em artigo no DN de 11 de Maio de 2012 (O Governo das Áreas Metropolitanas)  
Bem governados estamos!

2 comentários:

SLGS disse...

E é possivel alguém com presunção intelectual (docente universitário) apresentar em público uma conversa destas que nem ele próprio entende? O homem sabe o que diz ou até mesmo o que quiz dizer? Ninguém lhe ensinou que a linguagem deve ser sucinta, simples e clara?
Quem nos pode valer?
Subsescrevo
ESTAMOS BEM GOVERNADOS

Tonibler disse...

Ah, e pensar que há quem se limite a meter a água a fluir nos canos e a limpar as ruas, sem qualquer sofisticação intelectual e sem qualquer poesia...