Número total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de maio de 2012

Fatores que realmente condicionam o crescimento


Olha-se para este quadro e não passa despercebida a relação entre uma maior dilação nos prazos de pagamento e as dificuldades em retornar ao caminho do crescimento. Em Portugal, Espanha e Itália é endémico o atraso no cumprimento das obrigações, com a Administração Pública a dar o (mau) exemplo. Cultura oposta a da Suécia, Noruega, Dinamarca e Finlândia, não só na pontualidade do cumprimento mas também (e por consequência?) na capacidade da economia resistir a conjunturas desfavoráveis.

3 comentários:

Tonibler disse...

A administração pública, caro Pinho Cardão? Eu até recordava aqui um "génio" da gestão português que quando era CFO de uma enorme empresa de telecomunicações conseguiu "o enorme feito" de passar os pagamentos unilateralmente de 60 para 120 dias e assim gozar de um aumento nos resultados financeiros da empresa que, depois, o levaram à presidência onde ainda está hoje. O problema não está em ser no estado, o problema está em haver vigaristas com controlo sobre dinheiro dos outros, onde o estado é apenas um bom exemplo.

Tonibler disse...

Claro que o destinatário do comentário era outro... mas devem ter andado a ler os mesmos documentos com tabelas de excel em fundo azul e eu confundi-me...

Caboclo disse...

Uma vergonha descarada..

É verdade ..já trocaram os euros por dolares ? não corram não ..

http://edition.cnn.com/2012/05/23/business/euro-drops/index.html?hpt=hp_bn1