Número total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Bíblico

«Estando Josué já perto de Jericó, olhou para cima e viu um homem em pé, empunhando uma espada. Aproximou-se dele e perguntou-lhe: "Você é por nós, ou por nossos inimigos?" » - Josué 5:13
 

5 comentários:

Bartolomeu disse...

E o espírito do homem, de que lado se encontrava?
Do lado do poder, ou do lado da justiça?
Do lado do coração, ou do lado da espada?
;)

Suzana Toscano disse...

Já perto de Jericó. Josué estava a chegar ao seu destino, cumprido o caminho que o levaria a bom porto e à salvação do seu filho. A pergunta é certeira, porque pela espada se defende o objectivo, pela espada se deita tudo a perder.

Pinho Cardão disse...

Pois é, mas os espadachins ora são por nós, ora pelos nossos inimigos. Depende do dia e da hora e das circunstâncias. São por aqueles que melhor os podem servir em qualquer momento. Por isso, vão sobrevivendo.
Normalmente, muito bem.

Salvador Massano Cardoso disse...

Muito apropriado! Não sabia que uma passagem bíblica tivesse aplicação numa realidade política... Bonito e um pouco trágico!

Bartolomeu disse...

Só para complementar o que já foi dito:
De Miguel Torga;
"À Beleza..."

Não tens corpo, nem pátria, nem família,
Não te curvas ao jugo dos tiranos.
Não tens preço na terra dos humanos,
Nem o tempo te rói.
És a essência dos anos,
O que vem e o que foi.

És a carne dos deuses,
O sorriso das pedras,
E a candura do instinto.
És aquele alimento
De quem, farto de pão, anda faminto.

És a graça da vida em toda a parte,
Ou em arte,
Ou em simples verdade.
És o cravo vermelho,
Ou a moça no espelho,
Que depois de te ver se persuade.

És um verso perfeito
Que traz consigo a força do que diz.
És o jeito
Que tem, antes de mestre, o aprendiz.

És a beleza, enfim. És o teu nome.
Um milagre, uma luz, uma harmonia,
Uma linha sem traço...
Mas sem corpo, sem pátria e sem família,
Tudo repousa em paz no teu regaço.

( e que paz...)
;)))