Número total de visualizações de página

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Ministros "políticos"

Os ministros "políticos" fazem juz ao nome, não mexem uma palha, deixam tudo como está, reformas do Estado não é com eles. Sabem avaliar, são "políticos". 
Sobra o ónus para Vítor Gaspar. O único culpado. Porque tem que fazer, naturalmente mal, o que os colegas "políticos" não estão para fazer, nem mal, nem bem. E ainda é acusado por eles!...São "políticos".  
Por mim, arrumava o excell e procurava outra vida!... 

9 comentários:

Bartolomeu disse...

Se me permite um reparo, Sr. Dr. Pinho Cardão; em minha opinião, o Sr. Ministro Vitor Gaspar não é o único culpado, nem sequer culpado.
Aquilo que ele é, é o único responsável.
Responsável pela decisão de aceitar uma nomeação para um cargo que foi incapaz de desempenhar com a capacidade necessária.
Responsável pela aplicação de madidas desadequadas às situações.
Responsável pela insistência da aplicacação e pelo agravamento das mesmas medidas, mesmo depois de verificar que as mesmas eram desadequadas.
É responsável de não ter resolvido e ainda ter agravado os problemas do país, contra todas as opiniões de pessoas técnicamente, tão ou mais abalizadas que ele.
Culpado, não.
Responsabilizado, sim.
Mas isso, sabemos todos que nunca será.
Nem que a vaca tussa.

Pinho Cardão disse...

Caro Bartolomeu:
Fizessem todos o que deviam fazer e VG não faria aquilo que faz.

Como diz o provérbio, se cada um varresse a sua testada...

Bartolomeu disse...

Isso também é verdade, Sr. Dr. Pinho Cardão.
Mas no caso específico deste governo, deixa de ser uma verdade tão verdade.
Porque sabe o Senhor melhor que eu, que durante demasiado tempo, Vitor Gaspar tem sido tão ou mais primeiro ministro, que o próprio.
Ora, por esta ordem de ideias, todos os outros, ficam limitados nos seus poderes e nas suas competências, além de que, estão impedidos de divergir na opinião.
Restar-lhes-ia, se "os" tivessem no sítio e de bom quilate, fazer prevalecer as suas decisões, mesmo que fossem a contra-corrente, ou então, despedir-se à francesa.
Mas é claro, a maioria daquela gente está com o rabo preso às mordomias e à pretença dignidade de que os cargos se revestem. Umas tretas, que depois de espremidas... não deitam sumo.

Tonibler disse...

Lido na internet mais ou menos assim:

"A única coisa que o PSD tem para apresentar diferente do PS é Vítor Gaspar".

E é ouvir os comentadores ligados ao PSD por esses media fora e fica-se com a sensação de que o Sócrates, afinal, tem uma enorme base de apoio....

Pinho Cardão disse...

Caro Tonibler:
"A única coisa que o PSD tem para apresentar diferente do PS é Vítor Gaspar".
Tirando algumas excepções (Saúde, Educação...) a afirmação só dá razão ao meu texto.

jotaC disse...

Completamente de acordo com o comentário antecedente do Drº Pinho Cardão.

Tonibler disse...

Caro Pinho Cardão, não estava a discordar de si...

Floribundus disse...

quando se acende a luz
'quem tem o melão é o ladrão'

VG é o único político que os tem grandes e no sítio, os outros são eunucos

Paulo Pereira disse...

O Vitor Gaspar é tão esperto que até foi aumentar o IVA na restauração, um sector de elevadissima incorporação de mão de obra interna.

E é tão rigoroso que a despesa das autarquias e das regiões até aumentou ligeiramente.

E tão inteligente que o aumento dos preços dos transportes publicos fez despenhar a sua utilização.

O resultado é optimo do Gasparismo :

desemprego + emigração = 20%

PIB = - 1,5% - 3,2% - 2,3% = - 6%

Excelente resultado mesmo !