Número total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Diálogo tridimensional, internacional, intergeracional e, claro, virtual

-"Queridas europeias, aqui vai foto do vosso velho carro que aqui deixaram à espera das feriazinhas que tardam, acabado de chegar a casa, todo pintado, desamolgado, mecanicamente revisto e, o que foi mais difícil, sem nódoas nos estofos (:-( ).Para que o aproveitem bem, vindo cá mais vezes e não vos falte nada, sobretudo  que não inventem mais pretextos para pedir o carro do pai emprestado!, parece saído do stand!!

-Wow! Vais vendê-lo? Não acredito!

- Essa agora! É para durar mais 10 anos! O próximo serão vocês a comprá-lo!

-VENDER O NOSSO QUERIDO CARRO?!?!?!!? JAMAIS! Está maravilhoso! Não o deixem à chuva. Nem mal estacionado. Nem sem gasolina. Nem debaixo do poste onde há pombos. Nem estacionado ao lado de carros velhos. Nem ao lado de Jeeps. Nem..
Ohhh, que saudades do meu carrinho, aqui dava-me um jeitão!Obrigada pai, obrigada papás:)))"

5 comentários:

Bartolomeu disse...

A felicidade quando as europeias regressarem para férias, vai decerto dar aso a que o carrinho do pai volte a estar disponível.
Até porque o carro do pai, é muito mais económico... não gasta nada, e se gasta... não se nota.
O que é preciso é que voltem bem e felizes... carros há muitos...
;))

JM Ferreira de Almeida disse...

:)

Luis Moreira disse...

:)

jotaC disse...

Até parece que a geração dos nosso filhos está mais "ajustada" do que a nossa, eu falo por mim: que me dera por as mãos num jaguar, num volvo... ;)

Suzana Toscano disse...

Caro jogac, com a idade dos nossos filhos tomáramos nós ter nas mãos um carrinho qualquer, esta conversa a três seria puramente imaginária!