Número total de visualizações de página

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Lições da natureza

 
É da natureza: aos pequenos custa sempre muito o esforço de sair do buraco. Também é natural que os grandes, mesmo que compreendam a dificuldade dos pequenos, vigiem mas não se lhes substituam no esforço. Se não for assim é o processo de crescimento que é posto é causa. Crescerão, mas serão sempre incapazes de sair do buraco...

4 comentários:

Pinho Cardão disse...

Caro Ferreira de Almeida.
Se passasse por lá um jornalista da RTP, já lhe estava a perguntar se tinha recebido apoio do estado e se tinha tido a assistência de algum psicólogo. E teatralmente virava-se para a câmara a dizer que a austeridade e os cortes na despesa tinham impedido o exercício desse direito constitucional de sair do buraco!...
Claro que logo se seguiria a reacção do Bloco, do PCP, do PS e da Inter, e também dos Indignados, que logo convocariam uma manifestação. Que a RTP logo cobriria, no mínimo, com uma câmara e um jornalista por cada manifestante. E cada qual seria individualmente entrevistado.

Suzana Toscano disse...

Ajudá-los "amorosamente" a crescer, ou seja, tentando que cresçam fortes e capazes de se sustentar sozinhos e progredir, as lições da natureza são sábias e visam o prolongamento da espécie, não são lições punitivas...

Pinho Cardão disse...

Sim, mas por cá a mãe seria presa por deixar os filhos ao abandono.

jotaC disse...

É verdade!. "Uma longa viagem começa com um pequeno passo", isso sabe muito bem a mãe atenta também ao pé que inicia a caminhada, porque, o pé errado é certeiro para o precipício...