Número total de visualizações de página

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Oposição, porém serena e responsável


"Temos de ter particularmente cautela para que a carga fiscal que estamos a impor não se revele intolerável e insustentável para a sociedade portuguesa" - Doutor Vitor Gaspar, ontem, no Parlamento.
 
Que comentário esta declaração merecerá do Governo ? 
 

3 comentários:

Pinho Cardão disse...

Ora aí está um Ministro cheio de razão!
Razão pura, razão prática e razão constitucional.
Sobretudo constitucional: para impostos não há limites constitucionais. O cidadão pode ser constitucionalmente esbulhado até ao osso. Cortar na despesa, sim, só pensar nisso é contra a constituição.

Tonibler disse...

Chamaram o gajo outra vez a Belém, está visto....

Tavares Moreira disse...

Caro F. Almeida,

Numa tentativa de interpretação do sentido real da declaração, com base no elemento literal da mesma, sou levado a concluir que a preocupação expressa, de sustentabilidade da carga fiscal, tem aplicação limitada ao âmbito particular, não ao âmbito da relação pública...percamos pois as esperanças...