Número total de visualizações de página

quinta-feira, 20 de outubro de 2005

A estranha leveza da informação gripal!...


O Diário de Notícias de ontem dedicava a página 23 à gripe das aves, procurando informar as pessoas.
Um dos artigos era titulado, a duas colunas: “Portugueses estão mal informados”.
Pois esse mesmo artigo começava textualmente assim:”os portugueses dizem estar bem informados sobre a gripe aviária…”
Não jogava a bota com a perdigota, mas adiante!...
Mais adiante, o jornalista diz: “…No entanto, poucos são os que sabem que o Tamiflu é o medicamento antiviral considerado eficaz no tratamento da doença…”
A coluna a seguir, isto é, a 3ª coluna, destinava-se a colocar questões sobre o tema, seguindo-se o esclarecimento.
Uma das questões era a seguinte: O medicamento antiviral Tamiflu …está à venda nas farmácias?
No esclarecimento, dizia-se que não, que já esteve, mas esgotou. E dizia-se ainda: ”…no entanto, importa esclarecer que este medicamento não tem qualquer eficácia como medida preventiva…”
Esclarecidos com a página de esclarecimento?

3 comentários:

TAF disse...

Não li o artigo, mas não percebo onde estão as contradições que supostamente aponta...
1) Uma coisa é os portugueses dizerem que estão bem informados, outra coisa diferente é estarem.
2) Uma coisa é o medicamento ser eficaz para a cura, outra diferente é ser eficaz como medida preventiva.

Pinho Cardão disse...

Caro TAF:
Bem aparecido, pois julgo ser a primeira vez!
PRIMEIRA CONTRADIÇÃO:
Segundo o jornalista que fez o artigo, os portugueses consideram-se bem informados.
Segundo o jornalista que fez o título, os portugueses estão mal informados.
Quem fez o título é que sabe!...
Se não há contradição, tudo bem!...
Segunda contradição:
Segundo o jornalista, "o Tamiflu é o medicamento considerado eficaz no tratamento da doença".
Segundo o autor do "esclarecimento", o Tamiflu não tem qualquer eficácia como medida preventiva e apenas atrasa o progresso da doença.
Faltou no meu texto esta última parte:apenas atrasa o progresso da doença.
É eficaz ou apenas atrasa?
Portanto, as duas contradições estão nos artigos do DN.
Admito, no entanto, que da minha Nota, pelo que expus, não se conclua a segunda.
Mas as duas CONTRADIÇÕES estão na página do DN destinada à informação sobre a gripe.
Sem margem para dúvidas!...

Roberto Iza Valdes disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.