Número total de visualizações de página

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Assomo de Durão

"Não gostei da atmosfera no final do último Conselho Europeu, quando vi uns a proclamar vitória sobre os outros. Não é assim que fazemos as coisas na Europa" - Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia.
Verdade, verdadinha seria ter dito "é assim que temos feito, ultimamente, as coisas na Europa".
Mas mais do que o retrato fiel da realidade da Europa nos dias que correm conta que pela primeira vez, em muitos meses, se ouviu no Parlamento Europeu, pela voz de quem em primeiro lugar tem a responsabilidade de o fazer, o discurso firme sobre os fundamentos da união europeia que a maioria dos dirigentes parece ter esquecido.

2 comentários:

(c) P.A.S. Pedro Almeida Sande disse...

O melhor discurso de Durão Barroso. Pelo menos iliba-o aos olhos dos cidadãos que já perceberam que isto do método comunitário foi chão que dá uvas, amargas, em ambiente de crise. O regresso aos estados nação voltou para ficar?

Pinho Cardão disse...

Muitos dos líderes europeus não vêem nem sentem qualquer Europa. Apenas querem dela retirar o máximo para ganhar eleições no seu país. Como não podem arvorar a Europa, a que pertencem, em inimigo externo, imputam à Alemanha todas as culpas. E proclamam a sua vitória e a derrota da Srª Merkel todas as vezes que ela vai abrindo um pouco a torneira. Por essas e outras, a Chanceler já vai tendo dificuldades na Alemanha. E desconfio bem que o próximo que vier fará ter saudades de Merkel.