Número total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

O PS exige...o Governo tem que...

Não há noticiário que não comece pelas palavras de dirigentes do PS, proclamando  o PS exige...o PS exige..., logo seguidas por o Governo tem que...o Governo tem que...
Descobriu agora o PS a exigência que sempre desprezou quando estava no Governo. Tempo em que o governo apenas tinha que fazer tudo para ganhar eleições. Não hesitando em duplicar, em 6 anos, o valor da dívida pública acumulada ao longo de mais de um século. A proveito do PS e do seu establishment. Perdendo o país e os portugueses. 
Agora, arrogantemente, exige tudo e mais alguma coisa. Incluindo que os portugueses lhe dêem crédito para voltar a governar. 

6 comentários:

Zuricher disse...

E o pior de tudo é que todas essas "exigencias" passam para a opinião publica por muito razoaveis e ajuizadas. Ajudadas, claro, por uma comunicação social muito proclive a acomodar todos os dislates vindos dessas bandas. A mal da Nação...

Alguém tem dúvidas de que graças a essas patacoadas o PS ganhará as próximas eleições?

Tonibler disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tonibler disse...

Culpa de quem não os quis julgar. Agora, com notícias diárias da descoberta de novas fraudes contabilísticas parece que os crimes se passam na forma como as coisas são ditas. É fechar, urgentemente. Se não é para julgar o Teixeira dos Santos, mais vale cortar as perdas por aqui porque mais fraudes vão acontecer de certeza.

murphy V. disse...

Caro Tonibler, "Culpa de quem não os quis julgar."

"culpa" tem a comunicação social de não esclarecer os assuntos e, sistematicamente, fazer o frete aos socialistas.
http://jornalismoassim.blogspot.pt/2013/08/implantar-uma-ideia-mascarar-o-defice.html

Não concorda?

Tonibler disse...

Não. Ei não pago à comunicação social. Pago milhões e milhões de euros por presidências da republica, tribunais disto e daquilo cuja missão é combater a fraude e controlar o estado e no fundo não passam de uma enorme trupe circense. Feche-se!

Luis Moreira disse...

Depois da "proposta" que o PS apresentou na recente crise poucos acreditam no que diz...