Número total de visualizações de página

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

A Praga

Algum dos meus doutos amigos pode informar-me o que é um "constitucionalista" (para além, obviamente, dos professores ou autores credenciados pela obra neste domínio)? É que vejo pelas TV desfilar um rol imenso de pessoas a quem os jornalistas ouvem como "constitucionalistas".
Não estive muito atento ao programa "Novas Oportunidades", por isso...

6 comentários:

Tonibler disse...

Devem ser iguais aos outros, mas estes sabem ler. Não dizia "consitucionalistas 2.0"? É que já se prepara a versão 3.0 em que também sabem fazer contas.

Zuricher disse...

Eu imagino que seja alguém que se especializou no ramo de direito constitucional. Mas devo estar enganado. Porém, caro Ferreira de Almeida, se lhe serve de consolo, eu também vejo a comunicação social a ouvir como especialistas em transportes gente que de transportes nem formação, nem especialização, nem obra desenvolvida, portanto olhe, é a vida!

Pinho Cardão disse...

Caro Ferreira de Almeida:
Há keynesianos e keynesianeiros, jornalistas e jornaleiros, constitucionalistas e constitucionaleiros. Os média escolhem normalmente os segundos de cada espécie. Não destoam e fica tudo em casa...

António Barreto disse...

Os novos sacerdotes das democracias pseudo-representativas.

jotaC disse...

Também ando baralhado sobre quem são os verdadeiros e os falsos, principalmente quando uns argumentam sobre a burrice dos outros...

Bartolomeu disse...

Eu, na qualidade de amigo, mas não de douto, posso informa-lo, caro Dr. (em leis) José Mário.
Constitucionalista, não existe. É uma palavra abstrata. E é uma palavra camaleónica.
Se existisse, serviria para designar o bacano que segue à risca a constituição. Como esse espécimen não existe na nossa fauna, consequentemente a palavra também não.