Número total de visualizações de página

sábado, 21 de dezembro de 2013

Boas-Festas de Natal

As melhores Boas-Festas para todos os membros desta Tertúlia, autores, comentadores, visitantes, amigos ou detractores. E os votos de um 2014 com muita saúde e (a possível...) alegria de viver!…
PS: Não me submetendo ao politicamente correcto, o meu postal evoca aquele Natal que é a razão da comemoração da data. Não é uma questão de religião; é simplesmente uma questão de não ignorar a história. E se religião é com cada um, a história é património de todos. Ignorá-la é "crime" de lesa-cultura.

12 comentários:

Bartolomeu disse...

Há muito tempo que o sentimento da concordância com as suas palavras, não me tocava tão forte e profundamente, caro Dr. Pinho Cardão. Já tinha saudades, confesso.
Desejo-lhe também, a si e a toda a sua família muito boas Festas, no mais verdadeiro espírito Cristão; pois não é somente o nascimento de Cristo que se comemora na versão histórica. É também a esperança de renovação, da fé e o reforço da amizade de que nos deu exemplo, que festejamos. Um excelente Natal!!!

Pinho Cardão disse...

Obrigado, caro Bartomeu. E para si e família também um Bom Natal.

Salvador Massano Cardoso disse...

Já vivi muitos Natais. Olho para esta quadra e apetece-me fugir para uma época em que ainda sabia e sentia o sabor e a felicidade do Natal. Presumo que todos experimentaram as mesmas sensações, pelo que agradeço os votos do Pinho Cardão e desejo que revivam com intensidade este período com a alegria da fantasia de uma criança. A melhor maneira de sentir e saborear o Natal.

Pinho Cardão disse...

O meu amigo, caro Professor, disse tudo: também eu tenho saudades da "época em que ainda sabia e sentia o sabor e afelicidade do Natal".

Freire de Andrade disse...

Apesar de ateu, concordo com o que diz sobre as origens do Natal. Se o que se comemora é o nascimento de Cristo, se a tradição diz que nasceu numa manjedoura e que havia uma vaca e um burrinho, que vieram pastores adorá-lo, é lógico que as comemorações tenham a ver com essa tradição. A desvirtuação do Natal, em que parece que se adora um velho de barbas brancas, que talvez seja santo, ou um pinheiro iluminado, é uma moda que, apesar de recente no nosso País, parece ser irreversível.

JM Ferreira de Almeida disse...

Um feliz e santo Natal para si, Pinho Cardão, para a Graça e para a restante família. Esta época não deixa indiferente ninguém porque convoca o melhor que temos em nós e que se representa naquelas figuras do presépio intemporal.
Subscrevo os votos dirigidos a todos os que acompanham o 4R. Que passem umas festas felizes e que continuem connosco por muitos e bons Natais, gozando do melhor que a vida nos dá.

Carlos Sério disse...

Um feliz Natal são os meus votos para si e para toda a "família" do 4ª Republica.

Pinho Cardão disse...

Obrigado, Carlos Sério, e é sempre um prazer vê-lo por cá e debater consigo.

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Dr. Pinho Cardão
Também para si e Família um Santo Natal! Com mais ou menos dificuldades temos que procurar viver a alegria do Natal com o que de melhor temos para dar e receber.
Estendo a todos os que participam no 4R e fazem deste espaço um sítio em que tantos de nós gostam de vir estar um Natal Feliz.

Tavares Moreira disse...

Embora com algum atraso, mas mais vale tarde, aqui estou a retribuir os generosos votos do Pinho Cardão, desejando muito em especial, que viva(m) um Natal na evocação da grandeza da mensagem que lhe está associada: "Glória a Deus nas alturas e paz na Terra aos homens de boa vontade"!
E quanto a 2014, cá estaremos para o que der e vier, levando a bandeira do 4R aos 5 cantos do Mundo!

Suzana Toscano disse...

Ainda aqui chego a tempo de desejar a todos um Natal Muito Feliz, com o lindo postal do Pinho Cardão a ilustrar esta quadra. Nenhum Natal é igual o nosso próprio cenário vai mudando, ora filhos, ora pais, agora avós, os natais desfiam a nossa própria vida, alguns dos que nos eram mais queridos já não estão, chegaram outros, novinhos em folha, com os seus sorrisos ingénuos, a alegria dias presentes, o ritual renova-se, apesar de nós, obriga-nos a andar para a frente e ainda bem. Um grande abraço a todos e que haja paz e alegria à vossa volta.

al cardoso disse...

Como eu sou tambem contra, o politicamente correcto, adorei esta mensagem!
Espero tambem que nao se ofenda, se lhe desejar; um Santo e Feliz Natal!

Como eu vi ha anos aqui, em frente a uma igreja!

"JESUS IS THE REASON FOR THIS SEASON"