Número total de visualizações de página

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Crescimento à l`hollandaise: um seguro falhado

A economia francesa contraiu 0,1% no terceiro trimestre do ano, é notícia confirmada pelo Governo.
Afinal, a aposta no crescimento à l`hollandaise é mais para o negativo do que para o positivo...
E assim o amigo Hollande, o seguro de Seguro, tornou-se tão inseguro que Seguro já nem alude a tal seguro.
É o que acontece a quem pensa que o mero apostar substitui o pensar e trabalhar. Na França ou em Portugal. Um seguro falhado.

8 comentários:

opjj disse...

Caro Amigo, tudo se resolve quando o Homem quiser, basta decretar-se!
Basta olhar tantos entendidos na matéria de números, com soluções,
Decrete-se....Decrete-se...!
Não percamos tempo!

Bartolomeu disse...

De:Sophia de Mello Breyner Andresen

Um dia

Um dia, gastos, voltaremos
A viver livres como os animais
E mesmo tão cansados floriremos
Irmãos vivos do mar e dos pinhais.


O vento levará os mil cansaços
Dos gestos agitados irreais
E há-de voltar aos nosso membros lassos
A leve rapidez dos animais.


Só então poderemos caminhar
Através do mistério que se embala
No verde dos pinhais na voz do mar
E em nós germinará a sua fala.


;)))



Pedro disse...

o Hollande devia era por os olhos aqui na Tugólandia, e no sucesso "au-histerico"!

Isso sim, um programa "alem da troika" cujos resultados são exemplares:

- 120 000 empregos "liquidos" ( o que em concreto, pelos vistos são só 20 000)

- Desemprego, Deficit, PIB....enfim basicamente nada bateu certo com o estabelcido no Programa.

Mas lá está, os "hollandes" aqui do burgo são um verdadeiro sucesso, um exemplo a apresentar ao Hollande de lá dos gauleses.




(...ia por "p.s -", mas vai antes como ADENDA, pra evitar os naturais constrangimentos que Seguramente surgiriam...)


ADENDA: votos de boas entradas, as todos os autores e comentadores do "Quarta". Que o proximo ano nos traga a todos dias mais leves e luminosos e muita força para levar este presente complicado até um Futuro melhor e mais justo. Um abraço de boas festas! ....e que o SLB vença o campeonato.)

Tavares Moreira disse...

A França não terá seguido, com a devida atenção, o manual de boas práticas do crescimento económico: aumentar, generosamente, os gastos públicos, correntes ou de "investimento" (é indiferente)...
Se o tivesse seguido, não estaria por esta hora a sofrer a ignomínia de uma queda do PIB, ainda que apenas trimestral. Confiemos que o Presidente Hollande se dê conta do lapso e utilize, sem tardar nem hesitar, o acelerador da despesa...tão fácil, barato, e dá milhões!

Pinho Cardão disse...

Caro opjj:
É isso mesmo.
Mas nem é preciso decretar: basta falar. Fala-se...e acontece.
Ah! E pode apostar-se também, como faz Seguro. Aposta-se e já está!...

Caro Bartolomeu:
De facto, é bem mais seguro enveredar pela poesia...até para, de forma suave e poética, chamar de animais a quem nos quer impigir tretas como as que Hollande e discípulos bem tentaram e ainda tentam.

Caro Pedro:
Fico-me pela Adenda.
Agradeço e retribuo os amáveis votos de Boas Festas.
Quanto ao seu desejo vermelho, é uma aposta que vale tanto como as de um seguro que conheço...é a vida!...

Caro Tavares Moreira:
A questão é que o homem ou não sabia o que queria e era ignorante, ou sabia muito bem que queria ganhar as eleições e prometeu o que não podia dar, e é um cínico intrujão.

Floribundus disse...

'les belles merdes' de
'l'emmerdeur'
'qui m'émmerde tout le temps'

carimbo nº1 da internacional xuxa
'gastar dinheiro em obras de fachada' o retorno dos investimentos virá da car4teira dos contribuintes

Paulo Helmich disse...

Trabalhar muito, gastar com parcimónia e poupar com tenacidade, faz a riqueza de qualquer pessoa. O mesmo serve para os países.

Zuricher disse...

Interessante comentário este de Paulo Helmich. É que sempre tive para mim que a chave da riqueza não é tanto (embora ajude, naturalmente) o ganhar muito mas sim o poupar muito!