Número total de visualizações de página

quinta-feira, 5 de julho de 2007

Eu quero é que o Benfica não pertença a ninguém!...

Joe Berardo, antes de registar na CMVM a OPA sobre 85% do capital do Benfica, SAD:
“Eu quero é que o Benfica não pertença a ninguém”!...
O homem nasceu para político!...Cautela, pois!...

8 comentários:

Massano Cardoso disse...

Nem aos benfiquistas?!

Pinho Cardão disse...

...Sobretudo aos benfiquistas!...

Anónimo disse...

Força, Joe!

Virus disse...

“Eu quero é que o Benfica não pertença a ninguém”!...-J.B.

Então poder-se-á fazer a dedução

J.Berardo=ninguém

É mesmo um tipo sem qualquer sequência lógica de pensamento... só bacorada... Devia era ir para o Governo. Ficava perfeito!

Great Houdini disse...

Fico bastante feliz com a existência desta personagem, pois mostra às pessoas que para ser rico, a inteligência não é requesito.

Este sr até pode ser dono de algum chico-espertismo,mas inteligência, não. Não consegue, exprimir um raciocinio, não se sabe expressar. Vejam para dizer:" quero ganhar dinheiro às custas do Glorioso e não quero saber quais as consequências" faz mil e uma divagações.

Massano Cardoso disse...

Ainda vai ficar nas mãos dos chineses! Às tantas, o Estádio da Luz acabará por transformar-se numa grande loja dos chineses com balõezinhos a condizer...ou, então, poderá ser usado para paradas militares à chinesa. Tudo vermelho!!!
Como será a sigla do SLB em mandarim?

Anónimo disse...

Qualquer coisa que traduzido para portuguès signifique "FAMILIA FELIZ" meu caro professor!

Bartolomeu disse...

Eu peço a atenção de todos para as palavras de Joe Berardo.
Na minha singela análise ele está a declarar-se "amigo" do Benfica, na medida em que afirma: "Eu quero é que o Benfica, não pertença a ninguem", bem pior seria se ele afirmasse "Eu quero é que o Benfica, pertença a ninguem". Por outro lado, não podemos afirmar que a detenção do capital da SAD, por parte de um grupo Chinês, não traria ao Benfica melhores resultados. Iso se esse grupo possuísse a tencidade suficiente para implantar naquele clube, as regras de trabalho que são conhecidas nas empresas da China.
Imagine-se, ás oito da matina, o pessoal todo do Benfica, jogadores, treinador, treinador-adjunto, técnicos, Eusébio, presidente, vogais e restante pessoal administrativo, médico, jardineiros, etc. Tudo ali no relvado a cantar o hino do clube em Malaio e depois 2 horitas de exercício físico, a seguir, toca a andar, cada um para o seu posto de trabalho, só ficam os jogadores e tácnicos, agarrados à bola e ao treino de tácticas, intervalo de meia-hora para almoço e de tarde, volta a formula.
Ah e sem esquecer as famigeradas luvinhas brancas de algodão.
Isséquera...