Número total de visualizações de página

quarta-feira, 18 de julho de 2007

FlyPink, uma chatice...

Chamou-me a atenção o título "Nova companhia FlyPink só aceita mulheres" da edição de hoje do Diário de Notícias.
Fiquei algo intrigada? Será que se referem ao pessoal de bordo, ao pessoal de terra? Não, não é possível, pensei eu! Mas, então a que mulheres se referem?
Pois é, trata-se de uma nova companhia aérea totalmente vocacionada para mulheres, que se diferencia das outras por apenas permitir mulheres. Um nicho de mercado muito "exótico", para clientes na faixa etária entre os 26 e os 40 anos.
Tudo está pensado para que as mulheres vivam e sintam exclusivamente um clima cor-de-rosa a bordo de um avião cor-de-rosa.
Os aviões FlyPink são pintados rosa-choque e as hospedeiras vestem fardas cor-de-rosa e até o champanhe, um pormenor que uma mulher que se preze deve exigir num voo cor-de-rosa, é rosé! Não sei se a comida é cor-de-rosa? E fiquei sem saber se os pilotos são no feminino e vestem camisa e calças cor-de-rosa?
E depois, a bordo tudo está pensado para ajudar na beleza e satisfazer os caprichos das mulheres, com serviços de cabeleireiro, manicure e pedicure e outros serviços, inteiramente femininos, possivelmente massagens, tudo para deleite exclusivo das mulheres coquetes.
É já a partir de Agosto que a nova companhia oferece – salvo seja – este sonho cor-de-rosa às mulheres.
Não acredito no sucesso desta inovação, algo forçada, até ridícula, explorando de forma exagerada os atributos femininos, que francamente vão muito para além do gosto pelas coisas cor-de-rosa. Há muitas mulheres que não gostam de ambientes exclusivamente cor-de-rosa. É um estilo que muitas mulheres não apreciam, mesmo sendo femininas e bonitas.
Deve ser uma grande chatice voar num FlyPink... E quer me parecer que em vez de um FlyPink ainda podemos vir a ter um ElefantePink!

12 comentários:

Bartolomeu disse...

Este muito bem disposto texto, caríssima Margarida, deixou-me a pensar: terá chegado o momento certo de libertar a minha tendência reprimida, para pirata do ar?
ahahaha
Claro que não... alguem no seu perfeito juízo, se iria envolver no risco de ter de "controlar" um avião repleto de "aviões" cor-de-rosa?
Nem pensar! Ainda para mais, depois de já terem tomado algumas taças de rosé.
Talvez aquele rapaz lá de Portimão, aquele que passa a vida a oferecer-se às camone "let mi put yu crime on ior béque" tenha naquela companhia aérea a possibilidade de um empregozinho mesmo à sua medida.

Anónimo disse...

Divertido. Mas não original.De facto o Glorioso SLB já tinha inaugurado o PlayPink. E em exclusivo!

Salvador Massano Cardoso disse...

O que é que pode acontecer a um homem se for apanhado numa dessas viagens? Lançam-no borda fora?
Os pilotos são de que sexo? Se forem homens não sei se conseguirão manter a ordem...

Anthrax disse...

Todavia, meu caro JMFA, Playpink numa equipa de futebol é um bocado, talvez... "abichanado" (á falta de melhor termo, porque não me ocorre mesmo mais nenhum).

Mas ei! Talvez tenham melhor sorte na próxima época.

Tonibler disse...

Parece-me problemático se os pilotos também são mulheres. Vão estragar a pintura toda a estacionar o avião....

Virus disse...

Hmmm... Esta companhia aérea levanta-me certas questões, tais como:

- Não há discriminação com base no sexo e na idade?

- Não seria melhor se os Flight Attendants fossem todos homens?

- Qual a verdadeira dimensão de um mercado deste género, estando a ser limitado pelo sexo e pela idade?

- A Michelle Pfeiffer e a Sharon Stone já não podem viajar nestes aviões?

Pinho Cardão disse...

Cá para mim, é o avião das viagens oficiais do Benfica!...

Bartolomeu disse...

Se assim fôr, Dr. Pinho Cardão o "opista" Joe Berardo vai ter de rever o valor da oferta para compra das acções do club. E Luis Filipe Vieira, pode começar a pensar remodelar o centro de estágios e introduzir-lhe uma pista de aterragem, com a placa central em cor-de-rosa.
:))))

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Caro Bartolomeu
Um avião cor-de-rosa no ar é um verdadeiro "harém" dos céus! Mas desviar um avião destes é uma loucura de consequências imprevisíveis.
O melhor, mesmo, é ficar cá em baixo a admirar o céu! Ou então aguardar pela aterragem...

Professor Massano Cardoso
Prevejo que um homem apanhado num FlyPink chegue a terra completamente definhado... É melhor não tentar!
Os pilotos devem vestir calças e camisas cor-de-rosa!? Se forem do sexo masculino, imagino que só às escondidas, fechados a sete chaves na cabina de pilotagem...

Caro Tonibler
Não estragam não! Num avião cor-de-rosa a qualidade do serviço é de "primeira água"!

Caro Virus
Boa questão! Esta companhia é completamente discriminatória. Não está certo. Porque não um FlyBlue? Seria bem giro, os céus pintados de azul e cor-de-rosa!

Bartolomeu disse...

Vou seguir o seu conselho Margarida.
Vou esperar serenamente que o avião aterre e depois logo se verá.
Pode ser que a viagem tenha decorrido sem grande turbulência e a aterragem seja suave.
:)))))

Suzana Toscano disse...

Margarida, nunca tinha ouvido falar nos flypink mas devem ser a versão aérea dos táxis Pink, lançados há uns tempos e de que já vi imenso exemplares em Londres. Vai ver que agora vão conquistar o espaço aéreo! Tem razão quanto à presunção abusiva de que o cor de rosa reune o consenso femino, não reune nada. Mas a dificuldade seria muito maior para escolher a cor da frota sobrante (a dos homens), como se vê pelos comentários, era tudo segmentado pelos verdes, os azuis e brancos, os encarnados (espero que estes fossem a maioria... )), por isso a frota "deles" vai ser muito incaracterística!Ficam os aviões Pink e...os outros!Step by step...

Margarida Corrêa de Aguiar disse...

Suzana
A "frota sobrante" é bastante diversificada. Ainda bem...
Um obstáculo, é certo, para uma companhia de aviação realizar um fly especial para o sexo masculino...
Para satisfazer todas as cores a coisa ficaria incomportável!