Número total de visualizações de página

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

O meu momento oriental


O ´Publico´ de hoje noticia que o governo de Passos Coelho já nomeou mais em 7 meses do que o outro em 2,5 meses. Como já desisti de perceber os critérios jornalísticos não reclamo. O que a notícia traz de revelador é a panóplia de nomes dos nomeados que não destoariam se constituissem o plantel de uma qualquer equipa de futebol da liga nacional. Vejamos alguns exemplos. Esperancinha para a Saúde. Excelente nome para esta área. O mesmo se diga de Manso para o mesmo setor, carecido como está de tranquilidade e mansidão. Já Robalo para uma das ARS mete-me impressão. Pelo menos até se esfumar a conotação que o peixe adquiriu nos últimos tempos, de tão transacionado. Menos auspiciosa para a Segurança Social é a nomeação de um Lérias.
Nas culturas orientais crê-se que quando alguém vem a este mundo transporta consigo uma missão. O nome deve traduzi-la. Noutros aspetos da governação o Executivo já se mostrou sensível ao poder do conhecimento oriental. E por isso admito que os nomeantes tenham atendido à boa prognose de alguns dos nomes dos nomeados. Faço votos para que os bons vaticinios desta nova nomenclatura se confirmem no exercício de funções, com exceção do designado para a Segurança Social onde se espera tudo menos o que o nome indica...

6 comentários:

a interneta estupidifica né? disse...

quanto ao Lérias já foi nomeado por outros governos logo deve ser bom nas lérias

é como aquele da Ria Formosa que era do P.S. até ficar sem a ria e agora é vice-presidente de uma câmara do P.S.D junto a nuestros hermanos de Ayamonte

na política compensa saber saltar
principalmente compensa também saber ficar sentado no posto
mesmo que passem 8 ou 9 governos por cima

a interneta estupidifica né? disse...

Saltar do PCP para um gabinete maçónico de 60 ou 70 mil euros de remodelação é coisa banal

há casos de saltarecos muito mais interssantes

quando os saltarecos atingem densidades razoáveis..mudam de cor e formam nuvens

ódespois comem tudo...mas isso é mais lá pró norte de áfrica

por aqui desde o verão de 48 que não há pragas de saltarecos

o peor é se voltam
já temos cá tantos se a densidade aumenta..comem-nos as carnes

Freire de Andrade disse...

Os saltos a que se referem os comentários anteriores passam a ser apreciados de outro modo quando se acabou de assistir, no canal RTP Memória, aos 2 últimos episódios de O Conde de Abranhos, magnificamente adaptado por Moita Flores.

Pinho Cardão disse...

Caro Ferreira de Almeida:
Por mim, cada vez tenho mais confiança neste governo. Veja que só nomeou um "Lérias", quando lérias, léria e mais lérias foi o que o anterior governo nos deixou!...

JM Ferreira de Almeida disse...

De acordo. Lérias quando no governo, tretas quando na oposição. Não mudou muito este PS...

josé manuel constantino disse...

Caro Zé Mario, espero que tenhas outros momentos de inspiração/reflexão/meditação oriental.O modo fino e elegante como distribuis humor assim o justificam.Matéria prima não te escasseia.E nós somos presenteados com bons momentos de leitura e boa disposição.Neste tempo de défices,valha-nos a esperancinha de alguma alegria!