Número total de visualizações de página

domingo, 8 de janeiro de 2012

Uma lógica pouco secreta I

A ligação de agentes dos serviços de Informação, vulgo “Secretas”, à Maçonaria foi motivo de grande espanto, a avaliar pelos títulos da comunicação social. E causou enorme estupefacção entre as virgens puras da nossa sociedade mediática e política.
Não vejo razão.
Sendo ambas sociedades secretas, é perfeitamente natural que os agentes se sintam bem nas duas. Ou, então, a lógica é uma batata. É isso: somos um país perfeitamente ilógico. Quando as coisas até se harmonizam, logo começa a batatada.

5 comentários:

Rui Fonseca disse...

Caro António,

(Hoje deve andar por aqui mãozinha das secretas. Esta será a quarta tentativa que faço para comentar-te)

O espanto, penso eu, não está tanto na secreta união de facto das secretas quanto no número de irmãos secretos que, secretamente, nos deram para votarmos.

Cento e oitenta e dois secretos, oitenta por cento da assembleia, noventa por cento do arco governamental, é uma maioria pulverizante, não?

On going para o partido único?

Tonibler disse...

Acho graça também na pressa com que os media se apressaram a retratar a Maçonaria com o objectivo da sociedade fraterna, como se o objectivo do Partido Nazi ou do Partido Comunista Soviético não fossem o mesmo.

Rui Fonseca disse...

"Objectivo"

Sociedade fraterna, a do Partido Nazi?
Sociedade fraterna, a do PC Soviético?

???

o mesmo "objectivo" da Maçonaria?

Estou a ler mal ou há mesmo avaria no sistema?

Bartolomeu disse...

Foi na Loja de mestre Mozart
Ao som de uma "flauta mágica"
Que se reuniu uma boa parte
Da nossa direita clássica

Entre passos e leves toques
E rituais de avental
Discutiram-se os amoques
Mas sobreveio o vendaval

E cada um ao seu jeito
Agastado pelo ciúme
Arrancou o colar do peito
E foi-se queimar n'outro lume

Romperam-se assim os laços
Que atavam a Irmandade
Mostrando que estavam fartos
De tanta fraternidade!

JM Ferreira de Almeida disse...

Pinho Cardão, irrepreensível - como sempre - a lógica do meu Exmo Amigo!