terça-feira, 7 de Fevereiro de 2006

Os estatutos do PSD - III

... ou a credibilidade versus a mediocridade.
Para quem ainda acredita que a revisão dos estatutos do PSD resolve alguma coisa, deixo dois registos, muito actuais, das posições políticas de oposição do meu PSD.
1º registo - "Governo recebeu o patrão da Microsoft, Bill Gates, com subserviência e provincianismo".
Quando ouvimos falar insistentemente na necessidade de acompanhar a globalização e as novas tecnologias, o que diriam os portugueses se a presença em Portugal de uma pessoa como Bill Gates, fosse ignorada.
2º registo - "(...) acusou o Governo português de subserviência perante Espanha". Só quem desconhece o que se passou na economia portuguesa durante os últimos 20 anos é que pode fazer semelhante afirmação. Esta acusação tanto pode ser dirigida a José Sócrates, como aos ex-primeiros-ministros Cavaco Silva e Durão Barroso. E é uma acusação sem sentido.

Podemos rever os estatutos do PSD.
Podemos passar o tempo todo a falar em credibilidade.
Mas o que fica é uma enorme sensação de vazio.
Uma enorme mediocridade.

Sem comentários:

http://blasfemias.net/