sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2006

Toca a içar o facho!...

Em entrevista ao Público de hoje, o Coordenador do Observatório dos Poderes Locais do Centro de Estudos Sociais de Coimbra -reparem só no gongorismo do nome!...-coloca reticências à extinção de freguesias.
É uma opinião legítima, não sei é se é correcta, mas isso não vem ao caso.
A questão importante é a solução que dá: “preferia o repovoamento, em vez de acabar com freguesias…”! …
Pois daqui lanço o urgente apelo:
Homens de Portugal, vá lá, toca a içar o facho do povoamento!...
Mulheres de Portugal, vá lá, toca a abrigar os ardores desse momento!...

4 comentários:

Salvador Massano Cardoso disse...

Faz-me lembrar os primórdios da nacionalidade.
O país já é estreito e com todos estes fenómenos vai ficar mais estreito ainda.
Talvez o degelo da Antártida e da Gronelândia faça fugir os portugueses do litoral para o interior... Penso que não devem gostar de acordar com os pés molhados.
Quanto ao resto, se houver dificuldades…, hoje, já há recursos muito eficazes que podem contribuir na “produção” humana.

Anthrax disse...

No money, no business!

No interior do país não há money, logo não há business. É tão simples quanto isso.

a.leitão disse...

Mas com toda a publicidade e procura dos Registos Civis para casamentos homossexuais, como vamos repovoar as Freguesias?
É melhor começar a "importar" Chineses!

(Com o devido respeito)

Vítor Reis disse...

Reinstale-se a Junta de Colonização Interna!

http://blasfemias.net/