Número total de visualizações de página

domingo, 13 de julho de 2008

As papoilas saltitantes III

Nota preliminar: Este texto é especialmente dedicado ao ilustre Autor deste Blog, Prof. David Justino, que continua a acreditar, com uma fé inabalável, no que chama de "glorioso". De facto, é um enorme acto de fé...
O Clube da Luz está a atravessar a sua grande e melhor fase da época futebolística, em que é sempre apresentado como o grande campeão; de facto, neste período, não perde nunca, o que é verdadeiramente notável.
É a época em que todos os dias desembarcam na Portela, rumo à Luz, as grandes vedetas mundiais do momento. Os adeptos rejubilam e acreditam piamente que é verdade o que vêem publicado.
Basta uma das novas aquisições acertar na bola para ser confirmado pelos jornalistas de serviço como jogador do mais refinado talento, uma vedeta para o presente e para o futuro. Só que o presente quase nunca se confirma e o futuro tem andado muito incerto... À primeira derrota, a explicação do insucesso está no exterior, nos malandros dos árbitros a soldo dos clubes rivais.
Ainda não habituado ao clima da 2ª Circular, o treinador do Benfica Quique Flores, solicitado para falar sobre a luta pelo título de campeão da próxima época, respondeu com realismo louvável: o F.C.Porto é o favorito…
Nem sabe no que se meteu, caro Quique!...

4 comentários:

Tonibler disse...

Parece-me relativamente óbvio que aqueles que só vão usar 11 jogadores para meter a bola dentro da baliza estarão em desvantagem perante aqueles que usam a batota sob protecção. E, nesse aspecto, eu subscrevo inteiramente as palavras do treinador do Sport Lisboa e Benfica.

Pinho Cardão disse...

Caro Tonibler:
Então também alinha na cantiga de que são os árbitros que não deixaram, e não deixam, ganhar a melhor equipas dos últimos dez anos?
E,já agora, que é feito dessa famosa equipa? Existiu, ou também foi destruída pelos árbitros?
Caro Tonibler: Nos últimos anos, o FCPorto, SAD está no ranking dos maiores exportadores nacionais(e internacionais, se nos referirmos ao sector), o que comprova que o mercado valora o produto.
Tirando o Simão, o mercado valora ou deu qualquer valor significativo a algum jogador da Instituição?

Tonibler disse...

Caro Pinho Cardão

De facto, não sei em quantos desses anos o FCP aplicou os mesmos métodos que se sabe ter usado num ano com fruta e noutro com viagens. Mas parece que agora as coisas já só se medem assim, se se é honesto mais vezes que se é desonesto.

Suzana Toscano disse...

Caro Pinho Cardão, chama-se a isto abuso de posição dominante!!!Estou a ver que tenho que aprender futebol para não o deixar com o campo livre para estes golos!!